mostrar mensagem ]

Comunicado aos alunos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia (COVID-19) - 02/04/2020

Prezados alunos,

Informamos aos alunos dos cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia que estão abertos os cadastros para alunos que queiram participar da ação estratégica “O Brasil conta Comigo”. O edital recruta interessados em contribuírem com o Brasil nesse momento, de maneira regulamentada nos instrumentos legais.

O aluno que tiver interesse em se inscrever (e que for selecionado), terá vários benefícios pedagógicos descritos nas portarias do MEC e do Ministério da Saúde. Ademais, haverá remuneração oferecida pelo Ministério da Saúde para os selecionados.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Informações oficiais (COVID-19) - 02/04/2020

Prezados alunos,

Estão circulando na internet imagens falsas de um comunicado em nome da Uniara. Para certificar-se de que uma mensagem é verdadeira, acesse diretamente de seu computador nosso site através do endereço https://www.uniara.com.br/.

Os comunicados oficiais da instituição serão sempre publicados em nosso site.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado: Prorrogação da suspensão das aulas (COVID-19) - 26/03/2020

A Reitoria desta Universidade resolve:

Renovar a suspensão de todas as atividades teóricas e práticas dos cursos presenciais, estendendo-a para até o dia 11 de abril de 2020, com exceção do Internato do Curso de Medicina, Módulo 12, pois, a pedido do Ministro da Saúde tais estudantes deverão estar em prontidão.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado: Orientação do Procon referente a mensalidade de escolas (COVID-19) - 21/03/2020

Prezados alunos,

Procon orienta que mensalidade de escolas sejam pagas mesmo durante suspensão das aulas por causa do coronavírus.

Clique aqui e confira a reportagem na integra.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado - Suspensão das atividades do internato médico (COVID-19) - 19/03/2020

A Reitoria desta Universidade resolve:

1. Suspender todas as atividades do Internato Médico dos Módulos 9, 10 e 11, por 10 (dez) dias prorrogáveis, a partir de segunda-feira dia 23/03/2020, com plano de reposição para cada dia letivo.

2. Manter as atividades do Internato do Módulo 12, recomendando que os internos possam ser recrutados para áreas de maiores demandas dentro ou fora do Hospital de Ensino, se assim for necessário.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Nota sobre atividades domiciliares (COVID-19) - 17/03/2020

Em virtude da excepcional suspensão temporária das aulas, serão apresentadas aos estudantes atividades pedagógicas em regime especial de exercícios domiciliares, que permitirão a continuidade das atividades acadêmicas, fundamentados em determinações do MEC para esse momento.

Portanto, a partir da próxima semana, cada Coordenador de Curso enviará a seus alunos todas as informações necessárias à implementação das atividades domiciliares.

Clique aqui e leia na íntegra a nota oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado Urgente - Suspensão das aulas (COVID-19) - 16/03/2020

O posicionamento da Uniara frente às medidas preventivas sobre a pandemia COVID-19 está baseado nas evidências que nos vem sendo trazidas pelos órgãos de controle de saúde governamentais. As autoridades da Saúde preconizam que a suspensão de atividades coletivas é a melhor alternativa para “achatar” a curva epidemiológica da contaminação.

Assim sendo, a Uniara informa que todas as atividades teóricas e práticas dos cursos presenciais estão suspensas do dia 16/03/2020 ao dia 28/03/2020, com exceção dos estágios do 4º ano do Curso de Enfermagem e o Internato do Curso de Medicina, pois, tais profissionais, a pedido do Ministro da Saúde, deverão estar em prontidão.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

A importância do estudo para o futuro

Ana Cristina Alves Lima

Pensar no futuro é uma característica do ser humano. Fazemos planos, direcionamos metas, idealizamos como estaremos daqui a alguns anos, e isso, na maioria das vezes, inclui em que estaremos trabalhando e a consequência disso para nossa vida - se será positiva ou negativa, ou seja, se teremos sucesso ou fracasso.

Passamos muito tempo da nossa vida na escola e, segundo Papalia (2013, p 411), "a escola constitui uma experiência organizadora central na vida da maioria dos adolescentes". Além de obtermos informações e conhecimentos importantes, é na escola que também aprendemos novas habilidades, participamos de atividades, sejam elas esportivas ou artísticas, e ainda fazemos muitas amizades.

Nem todos os adolescentes veem a escola como uma oportunidade de explorar opções para futuras escolhas vocacionais, mas sim como um obstáculo a ser enfrentado no caminho para a vida adulta. No entanto, não é só a visão que o adolescente tem da escola que vai influenciar em seu desempenho e em sua relação com esse aspecto da vida. O nível socioeconômico de sua família, a qualidade de ensino da escola, bem como a qualidade do ambiente doméstico, também são fatores que podem contribuir positiva ou negativamente no desempenho do adolescente.

Outro fator determinante no desempenho escolar é a crença na autoeficácia que o adolescente construiu ao longo do seu desenvolvimento e sua relação com o sucesso e fracasso na escola. Nos Estados Unidos as práticas educativas são baseadas na crença de que os alunos podem ser motivados a aprender e valorizam a motivação intrínseca, a qual o aluno busca aprender pelo simples valor da aprendizagem. Podemos verificar esse incentivo na aplicação que os alunos americanos têm em atividades extracurriculares. Em outras culturas, a motivação nem sempre é considerada como valor importante, mas sim o dever, como por exemplo nas culturais orientais, considerando a autoridade e expectativas familiares e sociais diante do futuro e sucesso profissional do adolescente.

A família pode afetar o desempenho das crianças na escola desde cedo. Com o papel que o pai e a mãe desempenham na sociedade, a profissão exercem e o quanto estão envolvidos na educação dos filhos são fatores determinantes. Por exemplo, é esperado que um aluno que seja filho de professores e estude em escola particular durante todo ensino fundamental e médio, passe com tranquilidade no vestibular de primeira para o curso desejado (exceto medicina).

Mas não é só de expectativa que depende o desempenho do aluno. Estrutura da personalidade, caraterísticas culturais, situação econômica do país e a qualidade da educação podem determinar a entrada ou não do adolescente em um curso superior.

Como uma antiga frase diz "a expectativa é mãe da frustração", não só de expectativas o adolescente deve se utilizar para se justificar diante das frustrações. Além dos fatores explicitados acima, um mínimo de dedicação e empenho devem acontecer.

Os cursos de ensino médio no Brasil aderiram essa "corrida ao vestibular", mas contar apenas com a organização dos conteúdos e as aulas da escola (considerando as aulas de reforços e extras) não é suficiente ou eficiente para todos. O aluno precisa se organizar para estudar. Infelizmente não somos muito incentivados a estudar pelo prazer de estudar e, muitas vezes, o aluno encara essa dificuldade justamente à beira de decidir seu futuro, de prestar vestibular.

Outro exemplo é que nossos jovens não são estimulados a lerem livros. Segundo artigo publicado no jornal "O Estado de S. Paulo" a média de leitura por ano é de 4,96 livros por brasileiro. Somos apenas 56% de leitores, sendo que, dos 44% restantes, 30% nunca nem sequer comprou um livro. Da quantidade de livros lidos, 0,94% são os indicados pela escola. Em outros países esses índices são muito maiores, por exemplo, na Índia, onde a população dedica mais de dez horas por dia para leitura.

A leitura é uma habilidade importante para o desenvolvimento do pensamento e, consequentemente, da linguagem, o que significa que um aluno que lê com mais frequência terá mais facilidade em interpretar textos e concatenar e expressar suas ideias. Essa habilidade é essencial para a aprendizagem em qualquer momento da vida.

Seja para a escola, seja para a vida, ler e obter informações e conhecimentos são características importantes de serem adquiridas no mundo atual. Seja para se relacionar com as pessoas, por entretenimento, estudo, cultura ou conhecimento geral sobre os assuntos. Além conhecimentos técnicos, o bom profissional, hoje em dia, entende um pouco de todos os assuntos. Essa habilidade será muito útil para desenvolver boas redações, com argumentos bem elaborados e claros em seu posicionamento.

No entanto, para a prova do vestibular, alguns conhecimentos específicos precisam ser dominados e o aluno deverá reconhecer aquilo que tem mais facilidade para estudar, e o assunto que tem mais dificuldade, terá que estudar mais.

Mesmo na graduação, bem como após o término da faculdade, estudar é algo que se intensifica e não termina caso o profissional queira se manter atualizado. Ou seja, estuda-se muito para entrar em uma faculdade, mas estuda-se ainda mais durante, e mais ainda depois.

Referencias

PAPALIA, D.E.; OLDS, S. Desenvolvimento humano. 7. ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 2000.

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /cop/artigos/importancia-estudo-futuro/