mostrar mensagem ]

Comunicado aos alunos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia (COVID-19) - 02/04/2020

Prezados alunos,

Informamos aos alunos dos cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia que estão abertos os cadastros para alunos que queiram participar da ação estratégica “O Brasil conta Comigo”. O edital recruta interessados em contribuírem com o Brasil nesse momento, de maneira regulamentada nos instrumentos legais.

O aluno que tiver interesse em se inscrever (e que for selecionado), terá vários benefícios pedagógicos descritos nas portarias do MEC e do Ministério da Saúde. Ademais, haverá remuneração oferecida pelo Ministério da Saúde para os selecionados.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Informações oficiais (COVID-19) - 02/04/2020

Prezados alunos,

Estão circulando na internet imagens falsas de um comunicado em nome da Uniara. Para certificar-se de que uma mensagem é verdadeira, acesse diretamente de seu computador nosso site através do endereço https://www.uniara.com.br/.

Os comunicados oficiais da instituição serão sempre publicados em nosso site.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado: Prorrogação da suspensão das aulas (COVID-19) - 26/03/2020

A Reitoria desta Universidade resolve:

Renovar a suspensão de todas as atividades teóricas e práticas dos cursos presenciais, estendendo-a para até o dia 11 de abril de 2020, com exceção do Internato do Curso de Medicina, Módulo 12, pois, a pedido do Ministro da Saúde tais estudantes deverão estar em prontidão.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado: Orientação do Procon referente a mensalidade de escolas (COVID-19) - 21/03/2020

Prezados alunos,

Procon orienta que mensalidade de escolas sejam pagas mesmo durante suspensão das aulas por causa do coronavírus.

Clique aqui e confira a reportagem na integra.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado - Suspensão das atividades do internato médico (COVID-19) - 19/03/2020

A Reitoria desta Universidade resolve:

1. Suspender todas as atividades do Internato Médico dos Módulos 9, 10 e 11, por 10 (dez) dias prorrogáveis, a partir de segunda-feira dia 23/03/2020, com plano de reposição para cada dia letivo.

2. Manter as atividades do Internato do Módulo 12, recomendando que os internos possam ser recrutados para áreas de maiores demandas dentro ou fora do Hospital de Ensino, se assim for necessário.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Nota sobre atividades domiciliares (COVID-19) - 17/03/2020

Em virtude da excepcional suspensão temporária das aulas, serão apresentadas aos estudantes atividades pedagógicas em regime especial de exercícios domiciliares, que permitirão a continuidade das atividades acadêmicas, fundamentados em determinações do MEC para esse momento.

Portanto, a partir da próxima semana, cada Coordenador de Curso enviará a seus alunos todas as informações necessárias à implementação das atividades domiciliares.

Clique aqui e leia na íntegra a nota oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado Urgente - Suspensão das aulas (COVID-19) - 16/03/2020

O posicionamento da Uniara frente às medidas preventivas sobre a pandemia COVID-19 está baseado nas evidências que nos vem sendo trazidas pelos órgãos de controle de saúde governamentais. As autoridades da Saúde preconizam que a suspensão de atividades coletivas é a melhor alternativa para “achatar” a curva epidemiológica da contaminação.

Assim sendo, a Uniara informa que todas as atividades teóricas e práticas dos cursos presenciais estão suspensas do dia 16/03/2020 ao dia 28/03/2020, com exceção dos estágios do 4º ano do Curso de Enfermagem e o Internato do Curso de Medicina, pois, tais profissionais, a pedido do Ministro da Saúde, deverão estar em prontidão.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

A re-escolha profissional

Ana Maria Logatti Tositto*

A escolha profissional é uma questão séria e complicada. Os altos índices de desistência nos cursos superiores revelam a gravidade do problema. Os prejuízos são inúmeros, o ônus atinge desde as instituições de ensino até aqueles que não podem ter acesso à vaga abandonada, e, em última análise, o próprio estudante desistente, que acumula o custo pessoal de uma nova escolha.

A insatisfação com a opção realizada ou com a formação profissional conquistada é corroborada pela crescente demanda de universitários ou ex-universitários por trabalhos de orientação profissional.

Fazer uma escolha ou re-escolha profissional implica em tomar uma decisão, processo para o qual a maior parte das pessoas não é devidamente preparada, quer seja na família, escola ou demais instituições educativas vigentes.

Os especialistas concordam também que indivíduos de diferentes idades podem apresentar maior maturidade em relação a algumas dimensões e imaturidade em relação a outras. Independente da idade cronológica do indivíduo, o que se processa numa escolha madura é o intercruzamento da análise das variáveis pessoais e contextuais.

Uma escolha amadurecida é aquela em que o indivíduo observa, analisa e adquire conhecimentos sobre todos os aspectos possíveis da situação em que se encontra, pondera as vantagens e desvantagens das opções disponíveis e, só então, toma sua decisão. Fazer isso é compor de forma consistente os critérios sob os quais a decisão será tomada.

Porém, o que se vê com muita frequência são escolhas realizadas na ausência de tais critérios ou com base em critérios pouco consistentes. É o que ocorre quando, ao reduzido número de informações, por exemplo, aliam-se as visões distorcidas, idealizadas ou estereotipadas acerca das opções profissionais.

Tais critérios de escolha, em especial as idealizações e estereotipias, podem produzir, posteriormente, sentimentos de arrependimento e de decepção com o curso escolhido, que caracterizam dificuldades entre aqueles que se encontram em processo de re-escolha profissional.

Tendo feito uma escolha profissional nesses moldes, o indivíduo não tarda em manifestar uma série de dificuldades ou preocupações. A decepção com o curso foi uma das categorias temáticas encontradas em estudos sobre o processo de re-opção profissional entre universitários. Neste estudo, a decepção foi vinculada ao caráter teórico das disciplinas cursadas, e à falta de uma visão da prática profissional.

A decepção com o curso, com os professores ou com a instituição se dá após uma fase de entusiasmo com a conquista de uma vaga na universidade, quando há então contato com a realidade do curso escolhido, que culmina num repensar da escolha realizada. Neste momento, a re-opção de curso se torna uma das alternativas encontradas pelo indivíduo na busca de uma maior satisfação pessoal-profissional.

Além da decepção e sentimentos de arrependimento, a falta de habilidades compatíveis à profissão escolhida e problemas com o progresso acadêmico são aspectos considerados como barreiras que dificultam o momento de re-escolha profissional, quando não se tornam impeditivos a determinadas opções profissionais.

Podemos observar algumas similaridades quanto às experiências, dificuldades e necessidades atuais na re-escolha, como:

  1. Insatisfação em relação à escolha profissional realizada, insegurança diante de uma nova escolha e certeza quanto à necessidade de auxílio;
  2. Necessidade de aumentar o conhecimento de si mesmo através da orientação, como uma forma de fundamentar uma análise mais acurada da situação atual e uma tomada de decisão mais segura;
  3. Necessidade de informação sobre outras possibilidades profissionais, como uma complementação importante ao processo prioritário de autoconhecimento.

Uma escolha profissional madura e ajustada pressupõe capacidade de adaptação, interpretação e juízo da realidade; de discriminação, análise e integração de conhecimentos sobre si e sobre a realidade profissional; e aprendizagem do processo de tomada de decisão.

*Ana Maria Logatti Tositto é psicóloga, professora da Uniara e membro do Centro de Orientação Profissional da instituição.

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /cop/artigos/a-re-escolha-profissional/