mostrar mensagem ]

Comunicado aos alunos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia (COVID-19) - 02/04/2020

Prezados alunos,

Informamos aos alunos dos cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia que estão abertos os cadastros para alunos que queiram participar da ação estratégica “O Brasil conta Comigo”. O edital recruta interessados em contribuírem com o Brasil nesse momento, de maneira regulamentada nos instrumentos legais.

O aluno que tiver interesse em se inscrever (e que for selecionado), terá vários benefícios pedagógicos descritos nas portarias do MEC e do Ministério da Saúde. Ademais, haverá remuneração oferecida pelo Ministério da Saúde para os selecionados.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Informações oficiais (COVID-19) - 02/04/2020

Prezados alunos,

Estão circulando na internet imagens falsas de um comunicado em nome da Uniara. Para certificar-se de que uma mensagem é verdadeira, acesse diretamente de seu computador nosso site através do endereço https://www.uniara.com.br/.

Os comunicados oficiais da instituição serão sempre publicados em nosso site.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado: Prorrogação da suspensão das aulas (COVID-19) - 26/03/2020

A Reitoria desta Universidade resolve:

Renovar a suspensão de todas as atividades teóricas e práticas dos cursos presenciais, estendendo-a para até o dia 11 de abril de 2020, com exceção do Internato do Curso de Medicina, Módulo 12, pois, a pedido do Ministro da Saúde tais estudantes deverão estar em prontidão.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado: Orientação do Procon referente a mensalidade de escolas (COVID-19) - 21/03/2020

Prezados alunos,

Procon orienta que mensalidade de escolas sejam pagas mesmo durante suspensão das aulas por causa do coronavírus.

Clique aqui e confira a reportagem na integra.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado - Suspensão das atividades do internato médico (COVID-19) - 19/03/2020

A Reitoria desta Universidade resolve:

1. Suspender todas as atividades do Internato Médico dos Módulos 9, 10 e 11, por 10 (dez) dias prorrogáveis, a partir de segunda-feira dia 23/03/2020, com plano de reposição para cada dia letivo.

2. Manter as atividades do Internato do Módulo 12, recomendando que os internos possam ser recrutados para áreas de maiores demandas dentro ou fora do Hospital de Ensino, se assim for necessário.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Nota sobre atividades domiciliares (COVID-19) - 17/03/2020

Em virtude da excepcional suspensão temporária das aulas, serão apresentadas aos estudantes atividades pedagógicas em regime especial de exercícios domiciliares, que permitirão a continuidade das atividades acadêmicas, fundamentados em determinações do MEC para esse momento.

Portanto, a partir da próxima semana, cada Coordenador de Curso enviará a seus alunos todas as informações necessárias à implementação das atividades domiciliares.

Clique aqui e leia na íntegra a nota oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicado Urgente - Suspensão das aulas (COVID-19) - 16/03/2020

O posicionamento da Uniara frente às medidas preventivas sobre a pandemia COVID-19 está baseado nas evidências que nos vem sendo trazidas pelos órgãos de controle de saúde governamentais. As autoridades da Saúde preconizam que a suspensão de atividades coletivas é a melhor alternativa para “achatar” a curva epidemiológica da contaminação.

Assim sendo, a Uniara informa que todas as atividades teóricas e práticas dos cursos presenciais estão suspensas do dia 16/03/2020 ao dia 28/03/2020, com exceção dos estágios do 4º ano do Curso de Enfermagem e o Internato do Curso de Medicina, pois, tais profissionais, a pedido do Ministro da Saúde, deverão estar em prontidão.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Dicas

Escolher é próprio do ser humano. Durante toda a nossa vida, teremos que escolher: ir ou ficar, o que comer, o que vestir, que caminho seguir e por aí afora.

Certamente, quanto mais experiências formos adquirindo, mais prudente vai se tornando a nossa decisão.

Ao terminar o Ensino Médio, o aluno estará por volta de seus 17, 18 anos e se sente na obrigação de escolher uma profissão que exige nível superior.

Nessa ocasião, ele ainda não está amadurecido o suficiente para decidir o seu futuro, mas a sociedade requer organização.

O jovem, então, começa a se preparar para o processo seletivo obsessivamente, criando para si um universo de sentimentos negativos de angústia, ansiedade, concorrência, dúvida, derrota. Conclusão: nem começou e já está liquidado.

Esse processo de escolha pede um projeto de vida muito bem elaborado, em que o aluno exerça o conhecimento de si mesmo, do mundo profissional, do mercado de trabalho e possa analisar racionalmente todos esses fatores, alcançando a consciência profissional.

Influências

Analise como são as atitudes de seus pais em relação à sua escolha.

Nessa fase, são de fundamental importância o seu aconselhamento, a sua tolerância, a sua compreensão, mas nunca a sua imposição ou determinação.

Converse com eles, ouça o que têm a dizer, mas lembre-se: essa decisão é sua.

É como escolher quem vai passar com você o resto da vida.

Amigos, namorados ou professores também não devem influenciar.

Portanto, oferecemos para você, caro jovem, dicas para reflexão, que não vão de maneira nenhuma decidir o seu futuro, mas poderão ajudá-lo nesse processo.

Para acertar na hora de decidir

Fonte - Guia do Estudante

Os dez conselhos abaixo vão lhe ajudar a fazer a sua escolha com mais tranquilidade.

  1. As profissões também entram na moda. Por isso, pense antes de escolher, porque seu interesse por elas pode também ser passageiro;
  2. Testes sem comprovação científica podem lhe deixar ainda mais confuso. Só acredite naqueles elaborados por quem realmente entende do assunto, como os especialistas em orientação profissional, vocacional;
  3. A influência dos pais sempre existe (e no seu caso pode ser até muito forte), mas lembre-se de que você é capaz de tomar uma decisão, pesando bem todos os fatores;
  4. Não se sinta culpado por ainda não ter se decidido. Esse é um momento de pressão, natural nessa etapa da vida, que vai passar;
  5. Tenha coragem de questionar escolhas que pareçam definitivas;
  6. Analise as coisas de que você gosta e imagine aquelas nas quais você gostaria de trabalhar, sabendo separar o que é lazer e o que é profissão;
  7. Não confunda a escolha da profissão com habilidade: você pode gostar de geografia e tirar boas notas, mas não ter a menor vontade de dar aulas;
  8. Conheça o máximo possível das profissões e do mercado de trabalho em que elas se encaixam;
  9. Desenvolva o autoconhecimento, pensando em você, descobrindo quais são seus interesses e suas habilidades, perguntando-se por que deseja seguir determinada carreira;
  10. Nunca tome uma decisão com base em apenas um fator de influência, como vontade dos pais, facilidade em uma matéria, os amigos que também vão cursar, a rentabilidade da profissão. Decida-se por aquela carreira que reúna o maior número de pontos positivos.

Os passos para o sucesso

Fonte - Folha de São Paulo/2000

  1. Faça uma boa escolha profissional para que o prazer sirva de motivação;
  2. Esteja aberto para o autoconhecimento permanente. Identifique seus limites e potencialidade honestamente antes de planejar seu desenvolvimento pessoal e profissional;
  3. Busque informações sobre seu campo de trabalho e não se atenha às práticas convencionais. Procure conhecer profissionais em atividades inovadoras e em práticas alternativas;
  4. A carreira se inicia nos primeiros semestres do curso universitário. Tenha uma atitude aberta favorável à aprendizagem. Seja flexível e aproveite as diferenças. A primeira rede de contatos é feita na Universidade;
  5. Participe desde cedo de atividades além da sala de aula. Elas fornecerão conhecimento adicional e aproximação com a prática;
  6. Crie sua identidade profissional de acordo com as características que você valoriza, mas não perca de vista onde você está inserido;
  7. Desenvolva habilidade interpessoal e visão generalista.

Análise pessoal

Para realizar uma boa escolha profissional, é preciso que você se conheça muito bem.

Autoconhecimento envolve alguns aspectos a serem considerados para a tomada de decisão:

  1. Aptidão - facilidade para fazer certas coisas, disposição inata para realizar algo. É o ponto de partida para definir a escolha;
  2. Interesse - coisas de que gosta e principalmente aquelas das quais não se abre mão de jeito nenhum;
  3. Potencialidade - o que se poderá desenvolver;
  4. Competência - capacidades já desenvolvidas, considerando-se as aptidões, as habilidades;
  5. Limitações - usando de sinceridade, considere os seus limites;
  6. Sensibilidade - analise se você é observador visual, ou se percebe bem o som, o meio ambiente, se nota o comportamento das pessoas, a harmonia entre elas, se tem boa memória, se gosta de números, se tem sensibilidade gustativa capaz de distinguir sabores especiais, etc;
  7. Habilidades - relacione as coisas que você faz melhor ou pelo menos acredita que faz;
  8. Pergunte-se com o que gosta de trabalhar - animais, pessoas, números, dados, cores, meio ambiente, pesquisas, máquinas, comunicação, línguas;
  9. Agora, pergunte-se que tipo de trabalho gosta de executar - exploração, natureza, desenvolvimento, fabricação de produtos, prestação de serviços como ensinar, socorrer, informar, ajudar, comunicar;
  10. Analise os aspectos familiares e sociais - maior número de profissões existentes na família, influência dos pais, dos amigos, questão financeira, mercado de trabalho, mas não se esqueça de que a decisão é só sua.

Realidade profissional

Fonte - Guia das Profissões

As profissões são muitas e, para não se perder, relacione as que você pensou um dia em escolher, analisando bem os interesses que o levaram a escolher cada uma delas.

Procure por profissionais das determinadas áreas relacionadas e converse com eles, saiba muito sobre a sua rotina.

Procure também conhecer os perfis de um profissional e veja em qual deles você se encaixa:

  • Agregador - está sempre pronto a ajudar, não tem problemas de relacionamento, sabe trabalhar em equipe, sabe ouvir, sabe aceitar sugestões e compartilha-las;
  • Criativo - tem espírito criativo e inventivo, gosta do que é novo, está sempre buscando;
  • Estrategista - é criterioso e age com cautela, estabelece objetivo a cumprir, define ações, gosta de planejar para por em prática;
  • Empreendedor - tem uma visão ampla, geral do mundo, percebe além e cria oportunidades de negócios, está sempre atualizado, buscando novidades;
  • Imediatista - procura sempre trabalhar com prazer, é ágil, impulsivo, gosta de resultados imediatos e está sempre a buscá-los;
  • Líder - nem sempre o líder é o chefe, mas tem visão estratégica e sabe reunir para um trabalho de equipe, preocupando-se com os resultados. Procura sempre tirar proveito de recursos financeiros, tecnológicos ou do mercado.

Não existem profissões do futuro, existem, sim, profissionais do futuro.

O mercado de trabalho pede profissionais competentes, equilibrados, autoconfiantes, com iniciativa, que saibam lidar com surpresas, decididos, comunicativos e que saibam trabalhar em equipe, atenciosos, ativos, com formação contínua, e que saibam principalmente aprender a fazer.

O profissional deve ser polivalente, ético, flexível e com capacidade de adaptação. Por essas e outras, agora você já sabe: procure conhecer o maior número possível de profissões, conversar com profissionais, navegar na internet, ler revistas, jornais, informe-se o mais que puder.

Um outro aspecto que você deve considerar ao escolher uma profissão é a realização pessoal, porque quem gosta do que faz com certeza será sucesso. Por outro lado, quem escolhe uma profissão visando o ponto de vista financeiro, acaba se transformando em um profissional medíocre com grande dificuldade em conseguir uma colocação.

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /cop/dicas/