[ mostrar mensagem ]

Comunicado: Prorrogação da suspensão das aulas (COVID-19) - 26/03/2020

A Reitoria desta Universidade resolve:

Renovar a suspensão de todas as atividades teóricas e práticas dos cursos presenciais, estendendo-a para até o dia 11 de abril de 2020, com exceção do Internato do Curso de Medicina, Módulo 12, pois, a pedido do Ministro da Saúde tais estudantes deverão estar em prontidão.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

[ ocultar ]

[ mostrar mensagem ]

Comunicado: Orientação do Procon referente a mensalidade de escolas (COVID-19) - 21/03/2020

Prezados alunos,

Procon orienta que mensalidade de escolas sejam pagas mesmo durante suspensão das aulas por causa do coronavírus.

Clique aqui e confira a reportagem na integra.

[ ocultar ]

[ mostrar mensagem ]

Comunicado - Suspensão das atividades do internato médico (COVID-19) - 19/03/2020

A Reitoria desta Universidade resolve:

1. Suspender todas as atividades do Internato Médico dos Módulos 9, 10 e 11, por 10 (dez) dias prorrogáveis, a partir de segunda-feira dia 23/03/2020, com plano de reposição para cada dia letivo.

2. Manter as atividades do Internato do Módulo 12, recomendando que os internos possam ser recrutados para áreas de maiores demandas dentro ou fora do Hospital de Ensino, se assim for necessário.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

[ ocultar ]

[ mostrar mensagem ]

Nota sobre atividades domiciliares (COVID-19) - 17/03/2020

Em virtude da excepcional suspensão temporária das aulas, serão apresentadas aos estudantes atividades pedagógicas em regime especial de exercícios domiciliares, que permitirão a continuidade das atividades acadêmicas, fundamentados em determinações do MEC para esse momento.

Portanto, a partir da próxima semana, cada Coordenador de Curso enviará a seus alunos todas as informações necessárias à implementação das atividades domiciliares.

Clique aqui e leia na íntegra a nota oficial da reitoria da Instituição.

[ ocultar ]

[ mostrar mensagem ]

Comunicado Urgente - Suspensão das aulas (COVID-19) - 16/03/2020

O posicionamento da Uniara frente às medidas preventivas sobre a pandemia COVID-19 está baseado nas evidências que nos vem sendo trazidas pelos órgãos de controle de saúde governamentais. As autoridades da Saúde preconizam que a suspensão de atividades coletivas é a melhor alternativa para “achatar” a curva epidemiológica da contaminação.

Assim sendo, a Uniara informa que todas as atividades teóricas e práticas dos cursos presenciais estão suspensas do dia 16/03/2020 ao dia 28/03/2020, com exceção dos estágios do 4º ano do Curso de Enfermagem e o Internato do Curso de Medicina, pois, tais profissionais, a pedido do Ministro da Saúde, deverão estar em prontidão.

Clique aqui e leia na íntegra o comunicado oficial da reitoria da Instituição.

[ ocultar ]

UNIARA

Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente

Grupos de Pesquisa

O Núcleo de Pesquisa e Documentação Rural - NUPEDOR vem se constituindo em referência nacional, há mais de 25 anos desenvolvendo pesquisas sobre assentamentos rurais. O grupo possui 02 projetos de pesquisa e extensão financiados pelo CNPq em vigência e outros 02 projetos de pesquisa financiados pela Funadesp em vigência. Foi concluído em 2016 o relatório técnico-científico de um grande projeto de intercâmbio científico financiado pela CAPES e pelo CNPq, por meio do Programa Casadinho/PROCAD.

Participam deste grupo 05 pesquisadores sêniores da Pós-Graduação, 02 pesquisadores associados (01 da UNESP/Presidente Prudente e 01 da FEAGRI/Unicamp), 01 pesquisadora pós-doutoranda, 03 pesquisadores doutores, 01 pesquisadora doutoranda, 02 pesquisadoras mestres, 4 Doutorandos do Programa em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente, 6 mestrandos do Programa em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente, 3 bolsistas de Iniciação Científica, 2 bolsistas de Apoio Técnico.

Destacamos alguns indicadores do amadurecimento do grupo de pesquisa: o doutorado concluído da pesquisadora Thauana Paiva de Souza Gomes, no Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar/UNESP-Araraquara/2013; ingresso da bolsista de Apoio Técnico a Pesquisa Ana Helena Lopes dos Santos no curso de doutorado em Administração Pública e Governo, da Fundação Getúlio Vargas/SP; o convite recebido pela bolsista Silvani Silva de apoio técnico e Extensão no país do CNPq para ocupar a Coordenação de Agricultura da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico do Município de Araraquara; ingresso do pós-doutorando Henrique Carmona Duval em concurso público para Professor Adjunto na UFSCar. Mestres formados no programa de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (três) estão cursando doutorado no mesmo programa com bolsa Prosup/Capes, um deles no doutorado da Unesp, campus de Presidente Prudente.

O grupo prioriza temas como: assentamentos rurais e desenvolvimento regional/territorial, políticas públicas para o meio rural, agricultura familiar e sustentável, tecnologias sociais e validação tecnológica, dentre outros.

Cabe ressaltar 2 dos projetos em vigência: "Pesquisa-ação e construção de proposta agroecológica para a agricultura familiar da região central do estado de São Paulo", financiado pelo CNPq e que tem por objetivo criar o Núcleo de Agroecologia em nosso programa. Neste projeto vêm sendo realizadas atividades de pesquisas e extensão universitária em assentamentos rurais e na agricultura familiar tradicional da região, como criação de áreas experimentais para validação tecnológica, cursos de práticas agroecológicas e sistemas agroflorestais, promoção de "caravaninhas" com estudantes do Ensino Fundamental em experiências de produção agroecológicas, assessoria no âmbito das organizações formais e informais nos assentamentos, apoio à implementação de duas Organizações de Controle Social para a certificação da produção orgânica e criação de uma feira de alimentos saudáveis na Universidade, envolvendo a comunidade acadêmica, produtores rurais e sociedade civil (consumidores).

Outro projeto é "30 anos de assentamentos rurais em São Paulo: um balanço das contradições, bloqueios e perspectivas", Bolsa Produtividade 1A CNPq, com o qual vem sendo realizada ampla compilação de dados sobre os assentamentos rurais desde a redemocratização, bem como uma atualização das estratégias e políticas públicas de desenvolvimento rural na atualidade. Esses dois projetos exemplificam o fortalecimento da integração entre a graduação e a pós-graduação, uma vez que estudantes da graduação da instituição, que participaram das atividades de pesquisa e extensão dos projetos, estão ingressando na pós-graduação. O grupo vem se consolidando como uma referência nacional no estudo de Assentamentos Rurais, tendo organizado, a cada dois anos, um Simpósio de amplitude nacional financiado por agências como CAPES, CNPq, FAPESP, NEAD/MDA e INCRA/SP. O grupo é responsável pela edição do periódico semestral Retratos de Assentamentos, em seu 20º volume em 2017. Ressalta-se que nesse ano o periódico passou a ter uma versão eletrônica e foi indexado em importantes bases de dados, um trabalho que melhorará sua divulgação e visibilidade, aumentando o acesso ao seu conteúdo.

Núcleo de Pesquisa e Estudos em Desenvolvimento Local (NPDL) - O Núcleo de Estudos e Pesquisas em Desenvolvimento Local e Meio Ambiente, NPDL/Uniara, iniciou suas atividades em 2001, nucleado pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente. Desde 2005 participa do Diretório dos Grupos de Pesquisa do Brasil junto ao CNPq, desde 2005.

O Núcleo foi concebido para ser desenvolvido em diversas frentes, em consonância com interesses mais imediatos de pesquisadores e alunos de pós-graduação que participam do projeto. Assim, são prioridades:

  1. Estudos para a caracterização socioeconômica e ambiental do território, e das redes de produção presentes para avaliar as potencialidades endógenas de desenvolvimento;
  2. Contribuir com o debate e a proposição de mudanças no estilo de desenvolvimento tradicional dos municípios em direção a um estilo de desenvolvimento mais integrado, tendo como eixo a sustentabilidade regional;
  3. Oferecer instrumentos capazes de apoiar as estratégias de gestão e intervenção para a promoção do novo estilo de desenvolvimento proposto; transferir os conhecimentos resultantes de pesquisa para profissionais atuantes nas administrações dos municípios integrantes da região.

Desde 2016, o Núcleo de Pesquisa em Desenvolvimento Local, coordenado pela Profa. Helena De Lorenzo, a equipe da Uniara em parceria com a UNESP/Araraquara, atuou na área de mecanismos de transferência de conhecimento e tecnologia voltados aos micro e pequenos empreendimentos: a) no próprio Observatório do Desenvolvimento Local; b) na gestão da incubadora de Empresas de Araraquara; c) no projeto "Rede de instrumentos e apoios ao desenvolvimento local" Os trabalhos do núcleo vêm possibilitando fornecimento de informações estatísticas e contribuição para conhecimento mais aprofundado das estruturas produtivas locais e regionais. Os trabalhos desenvolvidos pelo Observatório podem ser acessados no site http://www.brasilproximocentropaulist.com.br.

Participam do grupo os seguintes pesquisadores da Uniara: Prof. Dr. Luiz Fernando Oriani Paulillo, Prof. Dr. Luiz Manoel Camargo Almeida, Prof. Dr. Zildo Gallo; pesquisadores da UNESP - Araraquara: Prof. Dr. Sergio Azevedo Fonseca, e Prof. Dr. Ricardo Augusto Bonotto Barbosa (pos-doutorando); Geralda Cristina Ramalheiro e Irene Carvalho De Lorenzo (auxiliares de pesquisa do Programa); além de alunos da graduação e da pós-graduação.

Os alunos de graduação que integram o grupo todos os anos também se encarregaram das atividades de preparação, organização e realização do Congresso de Iniciação Científica da Uniara.

O Grupo de Educação e Meio Ambiente Coordenado pelo Prof. Dr. Guilherme Rossi Gorni e Profa. Dra. Maria Lúcia Ribeiro. O CEAM também conta com participação dos docentes Dr. Leonardo Rios, Dra. Vanessa Colombo Corbi e Dr. Juliano José Corbi, além de alunos de diferentes cursos da graduação. O CEAM, órgão suplementar da Uniara, tem como principal objetivo desenvolver trabalhos técnico-científicos e de auxílio à política ambiental. Criado em 1999, foi vinculado ao Programa de Mestrado Stricto Sensu em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente em 2002, em atenção à recomendação de consultores da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES. Seu vínculo com o Programa de Pós-Graduação contribui em dois eixos muito importantes: na integração das atividades de ensino, pesquisa e extensão e na aproximação das atividades da graduação e pós-graduação. As atividades desenvolvidas pelo Centro têm contribuído para o desenvolvimento e divulgação das pesquisas realizadas pelo grupo de pesquisa em Indicadores Ambientais. O referido grupo propõe a discussão de questões relacionadas ao monitoramento ambiental e à sistematização de indicadores de sustentabilidade ecológica. As Pesquisas de Iniciação Científica, Mestrado e Doutorado realizadas no CEAM apresentam como principais objetivos: (i) Avaliação da qualidade da água de mananciais urbanos do Estado de São Paulo, (ii) Desenvolvimento e utilização de indicadores ecotoxicológicos em sistemas agrícolas da Região Central do Estado, (iii) Avaliar a toxicidade de agrotóxicos = utilizando bioindicadores terrestres, (iv) Avaliar a influência de modelos de cultivos agrícolas na biodiversidade regional, e (v) Avaliar a qualidade ambiental de reservatórios e Unidades de conservação do Estado de São Paulo, por meio de bioindicadores. Os resultados desses estudos são apresentados em diferentes eventos acadêmicos nacionais e internacionais. O CEAM vem dando continuidade às colaborações acadêmicas interinstitucionais, junto ao Departamento de Hidráulica e Saneamento da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC/USP), Departamento de Biologia da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM-Iturama), e o Setor de Comunidades Aquáticas (ELHC) da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB). Ademais, o CEAM participa também da organização de eventos científicos, com destaque para o Fórum de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente, com periodicidade anual.

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ppg/desenvolvimento-territorial-meio-ambiente/sobre/grupos-pesquisa/