Ageuniara

Unesp pesquisa qualidade da cachaça

Por: LUIZ GUSTAVO BORSETTI BALLESTERO

30/03/2006

A faculdade de ciências farmacêuticas da Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Araraquara(SP) desenvolve um projeto de pesquisa para melhoria da qualidade da cachaça dos pequenos produtores da região.

Coordenado pelo professor doutor João Bosco Faria, a pesquisa tem como objetivo a excelência na qualidade e no sabor dessa bebida genuinamente brasileira e agregada à imagem do País no exterior.

A pesquisa conta com uma equipe de provadores que são rigorosamente selecionados."Se o candidato conseguir perceber a diferença entre sete amostras que nós oferecemos, ele será convidado a participar da equipe de provadores", conta o professor.

O projeto é financiado em parte pela própria Unesp, que cede o espaço e a infra-estrutura e pela Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), por meio de bolsas de estudo.

O professor comenta que seria impossível essa e muitas outras pesquisas científicas acontecerem sem o apoio da Fapesp.

Segundo indicadores econômicos, o Brasil exporta apenas 1% da sua produção anual de cachaça, e esse produto vem tendo um aumento considerável de consumo em países da Europa e nos Estados Unidos, daí a importância econômica do projeto.

De acordo com o professor João Bosco, a história da cachaça é paralela à história do Brasil. Ele conta que a cachaça foi descoberta quase que por acidente nos engenhos de açúcar mascavo, durante o período imperial. "A espuma que se formava nos tachos de caldo era retirada e, posteriormente, fermentava sozinha, gerando assim uma curiosidade em destilá-la. Assim nasceu a cachaça", conta.

"Devido ao fato de a produção de cachaça ser simples em relação a produção de whisky ou rum, ela também pode ser mal feita, por isso nos preocupamos tanto em trabalhar na qualidade e no sabor da cachaça do pequeno produtor regional", complementa o professor.

Para pequenos produtores como Luis Vanalli, proprietário da marca "Beija-flor" de cachaça tipo exportação, o projeto contribuiu e continua contribuindo com a qualidade do seu produto. "Aprendemos muitas coisas e melhoramos demais o sabor do nosso produto depois que fizemos parceria com essa pesquisa", conta Vanalli.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/