Ageuniara

Novembro Azul: conscientização contra o câncer de próstata

Por: GYOVANA RODRIGUES VARGAS

07/11/2017

Assim como a campanha Outubro Rosa, voltada à conscientização das mulheres a respeito do câncer de mama, promovida no mês passado,  o movimento mundial conhecido como Novembro Azul busca conscientizar a população masculina a respeito do câncer de próstata. A campanha já faz parte do calendário nacional de prevenção no Brasil.

Segundo a enfermeira de uma Unidade de Saúde da Família (USF) de Araraquara (SP), Luciene Neiva, o câncer de próstata é um tumor maligno que acomete a próstata, pequena glândula do aparelho reprodutor masculino, responsável por produzir líquido seminal. O câncer é identificado através do exame hormonal-PSA e do toque retal, usado para identificar o tamanho e a rigidez da glândula.

Os sinais e sintomas mais evidentes do câncer de próstata são verificados quando o paciente apresenta dificuldade para urinar, tem diminuição do jato urinário e sangramento. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA ), estimava-se 61.200 casos novos de câncer de próstata no Brasil em 2016. A recomendação da Sociedade Brasileira de Urologia é que todos os homens que tenham mais de 45 anos façam um exame da próstata todos os anos.

Luciene explica que a Campanha Novembro Azul é para incentivar os homens a vencerem o medo e o preconceito e a procurarem um serviço de saúde para realizar o exame laboratorial  e de toque, visando à prevenção da doença. “As atividades realizadas pela Campanha podem ser palestras, consultas médicas, orientações quanto aos sinais e sintomas, incentivo ao uso de preservativo e outras atividades”, relata.

É importante que a população entenda a gravidade do câncer de próstata e a importância de identificá-lo precocemente para iniciar o tratamento. Luciene conta que a procura pelas orientações e palestras ainda é baixa, e só aumenta razoavelmente quando ocorrem atividades noturnas, já que a maioria das  pessoas trabalha durante o dia e não tem horários disponíveis para isso. Para este ano, a equipe da USF está realizando divulgação dentro da unidade, através de cartazes, orientações nas consultas e atendimentos individuais.

Ao buscar orientação médica para que se inicie o tratamento, o mais rápido possível, o paciente tem maiores chances de cura, impedindo que o câncer seja disseminado para outras regiões do corpo e leve a pessoa à morte.

Publicada em 07/11/2017 às 21h43.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/