Notícias

Ex-aluno de Jornalismo da Uniara recebe título de Cidadão Matonense

Publicado em: 18/07/2019

O ex-aluno do curso de Jornalismo da Universidade de Araraquara – Uniara, David Conrado Liesenberg, recebeu o Título de Cidadão Matonense, oferecido pela Câmara Municipal de Matão. A homenagem atende ao Decreto Legislativo nº 02/2019, de autoria do vereador João Silvério do Carmo.

Entre os préstimos à comunidade de Matão, por meio das atividades doutrinárias e assistenciais, está a pesquisa da história de vida de Cairbar Schutel - primeiro intendente (prefeito) do município -, disponível na biografia “O Imortal Cairbar Schutel”, livro-reportagem desenvolvido como Trabalho de Conclusão de Curso – TCC , em 2009. A segunda edição da obra, que foi complementada com mais detalhes sobre a trajetória de Cairbar na doutrina espírita, foi lançada pela IDE Editora em setembro de 2018.

Sobre a honraria, Liesenberg conta que "foi um momento marcante em minha vida, estar rodeado de amigos e familiares para receber um título de cidadão matonense”. “A responsabilidade aumenta, e esse desafio estou pronto para assumir!", afirma.

“O Imortal Cairbar Schutel”

“Trata-se de um livro-reportagem biográfico sobre a vida e a obra do farmacêutico carioca Cairbar de Souza Schutel (1868-1938). Primeiro intendente de Matão, Cairbar notabilizou-se pela dedicação aos menos favorecidos, que lhe rendeu o título de ‘Pai da pobreza de Matão’. Tendo descoberto o Espiritismo, passou a divulgá-lo, com a criação do jornal ‘O Clarim’ (1905) e a ‘Revista Internacional de Espiritismo – RIE’ (1925). A obra fundada por ele continua em atividade até os dias de hoje”, comenta o jornalista.

Ele conta que a publicação teve duas etapas de desenvolvimento. “A primeira foi como elaboração do meu Projeto Experimental da graduação de Jornalismo, em 2009. Eu queria que Cairbar Schutel fosse conhecido, mais do que como o mero nome de um hospital psiquiátrico de Araraquara. O resultado de quatro anos de pesquisa foi o livro de 176 páginas”, explica.

A segunda etapa, segundo Liesenberg, foi marcada quando uma editora espírita da região desejou imprimi-lo. “Como eu tinha mais elementos para incluir, pelo fato de a pesquisa ter continuado desde 2009, debrucei-me por mais alguns meses e entreguei a obra com 240 páginas. Pesquisei em periódicos dos séculos XIX e XX no próprio acervo do Clarim, e em bibliotecas, cartórios e instituições”, detalha.

O ex-aluno da Uniara menciona que existem pelo menos quatro biografias sobre Cairbar Schutel e, desse modo, para o desenvolvimento de sua obra, ele revela que o maior desafio foi trazer elementos novos ao que já existia. “Por se tratar de uma história que ocorreu entre o final do século XIX e início do século XX, o acesso a informações foi muito limitado”, diz.

Liesenberg faz questão de agradecer a Uniara, “que me propiciou a formação em Jornalismo”. “Encontrei na instituição uma família, por isso, fica o meu abraço a todos os colegas, amigos e familiares”, finaliza.

Interessados em adquirir “O imortal Cairbar Schutel” podem acessar o endereço da editora - www.idelivraria.com.br/Produto/o-imortal-cairbar-schutel - ou também procurá-lo em sites de grandes livrarias, como Saraiva, Cultura e Amazon.

Informações sobre o curso de Jornalismo da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

Últimas notícias:

Busca

Assessoria de imprensa
assimprensa@uniara.com.br
16 3301 7142
Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /