202109170331

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Notícias

Docente de Farmácia da Uniara comenta efeitos da interação medicamentosa

Publicado em: 14/07/2021

De acordo com o docente do curso de Farmácia da Universidade de Araraquara – Uniara, Leonardo Gorla Nogueira, “interação medicamentosa é quando dois ou mais fármacos que o paciente está fazendo uso interagem entre si”. “Essa interação pode ser sinérgica ou antagônica. Sinérgica é quando acontece algo de proveitoso, já na antagônica é quando ocorre diminuição do efeito”, explica.

Ele relata que essas interações podem ocorrer em qualquer faixa etária, “basta a ingestão de dois ou mais fármacos, no entanto, os que mais sofrem com isso são os idosos, pois muitas vezes eles são os que mais utilizam medicamentos, devido aos vários problemas de saúde que aparecem durante os anos”. “No meu consultório de atenção farmacêutica já cheguei a analisar uma prescrição com 28 medicamentos para o mesmo paciente, é muito difícil, em um caso como esse, não haver interação medicamentosa”, comenta.

Em relação aos prejuízos que essa ação pode oferecer a saúde, ele relata que “os problemas variam muito, desde a perda do efeito quanto a sua potencialização”. “Um caso clássico de interação medicamentosa é o antibiótico com o anticoncepcional, onde o antibiótico -lembrando que não são todos - anula o efeito do anticoncepcional, podendo resultar assim em uma gravidez indesejada”, alerta.

Diante das inúmeras interações medicamentosas, o docente aconselha “que o paciente procure sempre informação com profissionais habilitados para isso, tanto médicos como farmacêuticos”. “Portanto, a informação é a melhor ferramenta para evitar problemas relacionados a medicamentos que podem prejudicar os pacientes, levando a internação e, em casos extremos, ao óbito”, ressalta.

“Hoje, com o advento da internet e do conhecimento na palma da mão, todos são ‘médicos e farmacêuticos’, se automedicam e ainda ‘receitam’ medicamentos para os amigos e familiares. Vale ressaltar que essa prática é um problema, pois, como já falado, existem muitas interações medicamentosas danosas aos pacientes. Sempre busquem informações com bons profissionais habilitados”, finaliza Nogueira.

Informações sobre o curso de Farmácia da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.



Últimas notícias:

Busca

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI