202103021515

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Notícias

Aluna de Fisioterapia da Uniara estuda efeitos de protocolo de intervenção fisioterapêutica no espasmo hemifacial

Publicado em: 12/01/2021

Em seu Trabalho de Conclusão de Curso – TCC, a aluna do curso de Fisioterapia da Universidade de Araraquara – Uniara, Beatriz Rossafa Pauletti, desenvolveu o estudo “Efeitos de um protocolo de intervenção fisioterapêutica no espasmo hemifacial - estudo de caso”, sob orientação da professora Andréa Corrêa Carrascosa.

“O espasmo hemifacial é uma condição bastante limitante para o paciente, no sentido de que altera a face com algumas contrações intensas de músculos de mímica facial e, por isso, torna-se uma condição bastante limitante e constrangedora para esse paciente”, contextualiza Andréa.

Beatriz detalha que o estudo foi dividido entre tratamento fisioterapêutico e domiciliar, “sendo que o fisioterapêutico utilizava técnicas manuais e de facilitação neuromuscular proprioceptiva, alongamentos, compressão e descompressão, e bandagem funcional”. “Essas técnicas tinham como objetivos proporcionar uma correção na via neuromotora - realização dos movimentos de cada músculo da face -, aumentar a circulação sanguínea na área e promover um relaxamento dessa musculatura, entre outros. Com isso, o tratamento proposto mostrou uma grande evolução na diminuição da intensidade e frequência dos espasmos e, sendo assim, essa conduta pode ser indicada para o tratamento de pessoas diagnosticadas com espasmo hemifacial”, explica.

“Atualmente na literatura, pouco se fala sobre os tratamentos fisioterapêuticos disponíveis para pacientes com esse diagnóstico e, com isso, esse estudo nos mostra que, ao conciliarmos o tratamento fisioterapêutico com o domiciliar, teremos uma resposta positiva na evolução do quadro do paciente”, afirma a estudante.

Andréa conta que o projeto de Beatriz foi um trabalho de iniciação científica que depois foi defendido como TCC. “Foi desenvolvido durante 2019, quando a metodologia foi aplicada a uma voluntária com diagnóstico de espasmo hemifacial. Esse trabalho tem uma característica inovadora no sentido de que propõe a utilização de técnicas de fisioterapia nessa condição, o que é muito pouco abordado na literatura”, salienta.

Como resultado, a orientadora reforça que a aluna identificou que o protocolo de intervenção que propôs foi eficaz para reduzir a intensidade e a frequência dos espasmos da face, apresentadas pela paciente, “e melhorou também sua qualidade de vida, avaliada por um questionário”. “Pudemos concluir que o que propusemos como intervenção foi eficiente”, finaliza.

Informações sobre o curso de Fisioterapia da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

Últimas notícias:

Busca

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI