202011241132

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Notícias

Alunos de Fisioterapia da Uniara criam a Liga Acadêmica de Neurociência

Publicado em: 14/10/2020

Alunos do curso de Fisioterapia da Universidade de Araraquara - Uniara criaram a Liga Acadêmica de Neurociência – LABrain. O lançamento foi marcado por uma palestra online sobre Paralisia Cerebral, realizada no dia 3 de outubro, em função do “Dia Mundial da Paralisia Cerebral”, lembrado no dia 6.

“A LABrain surgiu em meio à pandemia com intuito de levar conhecimento neurocientífico para os estudantes do curso de Fisioterapia”, resume a orientadora da Liga, Ana Claudia Nunciato.

A docente Christiane Lanatovitz Prado Medeiros conta que a palestra teve grande participação de alunos. “Foi uma atividade que ministrei, com o tema ‘Paralisia Cerebral: aspectos clínicos, desafios e inclusão’, na qual falei sobre o que é a paralisia, o quadro clínico que a criança acometida por ela apresenta e o processo de habilitação no desenvolvimento neuropsicomotor da criança com paralisia cerebral. Eles também convidaram a Isabella Savaget, que tem essa paralisia, para contar um pouco sobre sua vida, quais foram os desafios em relação à fisioterapia, à escolaridade, adolescência, faculdade etc.”, relata.

Isabella é, hoje, “uma influenciadora com muitos seguidores no Instagram - @duas_bellas -, de modo que utiliza essa plataforma para poder levar um pouco da conscientização a respeito dos desafios e da inclusão”. “Tivemos a oportunidade de, por meio dela, também conversarmos sobre esse processo, visto que o Brasil ainda tem muito o que conversar sobre inclusão, e o que isso significa para quem tem paralisia cerebral. Foi um evento maravilhoso, a Isabela encantou a todos, foi um grande sucesso”, comenta Christiane, que agradece à professora Ana Nunciato pelo convite, e aos alunos da Liga. “Foi bastante proveitoso, tanto para os estudantes quanto para nós, docentes, poder ouvir um pouco da experiência da Isabella”, reforça.

O presidente da LABrain, Robson dos Santos Gamenha, detalha que a estreia oficial e documentada da Liga ocorreu no dia 14 de setembro, “pois em Araraquara, 13 de setembro é o ‘Dia Municipal da Conscientização da Prevenção de Lesão Medular’, uma data importante na qual decidimos nos alinhar a essa lei já sancionada”. “A LABrain surgiu em um momento bem atípico, no qual diversos estudantes se encontram desmotivados pelo não contato/convívio pessoal com seu ciclo de amigos. O início foi após uma conversa entre a professora Ana e eu”, relembra.

O principal propósito da Liga “é levar conhecimento de uma forma simples e o mais didaticamente possível, desde conteúdos anatômicos do corpo humano e eventos/atividades científicos, até ajuda na leitura de artigos para patologias”. “Resumindo, nosso objetivo é trazer os estudantes para perto da universidade e auxiliar na formação de um senso crítico. Acredito que formamos uma equipe coesa e bem consistente, o que é necessário para um desenvolvimento maduro da LABrain”, diz Gamenha.

Ele menciona que “no ano que vem, vamos nos formar e sairemos da universidade, entretanto, a LABrain estará aí, para vocês”. “Estamos tão empolgados pensando nos próximos eventos e já nos organizando para isso, tanto para os mensais quanto para os que serão realizados em alguns anos. Estamos abertos para qualquer dúvida, auxiliar em estudos, críticas construtivas e o que conseguirmos ajudar”, declara.


Integrantes da LABrain

Gamenha - presidente. “Tenho como responsabilidade administrar as questões da Liga, agendar os eventos, mediar e conciliar as questões da LABrain com a Uniara. Dou suporte e oriento os demais membros da Liga, conforme as coisas vão chegando até mim - questões da universidade e de dentro da própria Liga. As ações são diretamente ligadas ao nosso coordenador, Carlos Roberto Grazziano, e à nossa orientadora, Ana Nunciato”, esclarece o aluno.

Bárbara Azevedo Pinto - vice-presidente. “Minha função é auxiliar nas decisões burocráticas e no alinhamento do grupo, e prestar assistência ao presidente. Meu objetivo na Liga, além de agregar conhecimentos e valores, é poder passar e incentivar o desenvolvimento de outros estudantes, sendo essencial mostrar que o estudo voltado ao conhecimento científico em neurociências tem muito a agregar para nós, estudantes, e futuramente para nossos pacientes. A LABrain é de todos os alunos interessados em neurociências e dedicado a retribuir, para sociedade, nossos conhecimentos e saberes”, afirma.

Cristiane do Carmo Correia - diretora financeira. “Juntamente com meus colegas da Liga, administro a parte de levantamento e balanços financeiros. Também participo ativamente das reuniões, escolhas de temas abordados, decisões de atividades e pesquisas relacionadas”, conta ela.
Tayná Corrêa Certain - diretora de comunicação e eventos. “Todas as postagens do Instagram, sou eu quem faz, com a ajuda dos meus amigos. Meu objetivo principal é proporcionar diversos conhecimentos sobre a neurociência, além do que já aprendemos em sala, e como sou responsável pelas redes sociais, também atuo tirando dúvidas e recebendo sugestões dos nossos seguidores”, explica.

Felipe Pastorello de Oliveira - diretor científico. “Sou responsável por sempre buscar e trazer conhecimento e inovações sobre o mundo da neurociência, por meio de artigos e pesquisas que sempre são discutidos e passados aos demais membros da Liga. O principal objetivo é agregar conhecimento a cada participante, mostrando métodos de tratamento, causas de patologias, avanço e descobertas, que serão de extrema importância para atuação como fisioterapeutas. Dentro do meu cargo e ligado aos outros diretores, também existe o objetivo de fazermos um simpósio de neurociência anualmente, sempre buscando levar mais conhecimento e aprendizado a todos”, finaliza.

Mais detalhes sobre a LABrain estão disponíveis no Instagram - @labrain.uniara. Informações sobre o curso de Fisioterapia da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

 

Últimas notícias:

Busca

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI