202010211104

mostrar mensagem ]

AVISO DE PRIVACIDADE

A proteção dos seus dados pessoais é importante para nós. Adotamos as melhores técnicas para deixar esse site seguro. Estamos atualizando nossa política de privacidade e termos de uso do site. Em breve, ela estará aqui para você saber o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Notícias

Estudo de efeito de hormônio na saúde da mulher rende bolsa de iniciação científica a aluna de Medicina da Uniara

Publicado em: 02/09/2020

A estudante do segundo ano do curso de Medicina da Universidade de Araraquara – Uniara, Laura Jayme Biancardi, foi contemplada com uma bolsa do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – PIBIC/CNPq da universidade, pela pesquisa intitulada “Prospecção tecnológica do progestágeno sintético – impactos na saúde da mulher”, orientada pela professora Creusa Sayuri Tahara Amaral.

“O objetivo é elaborar um estudo de prospecção para avaliar a função do hormônio gestrinona, pouco conhecido pela população, mas que tem se mostrado eficaz em tratamentos como o de endometriose - doença comum em mulheres em idade fértil que é umas das causas de infertilidade feminina -, e analisar seus principais meios de utilização atualmente, além de identificar seus benefícios e efeitos colaterais”, explica Laura.

Ela acrescenta que, além do efeito antiestrógeno e antiprogesterona, a gestrinona possui efeitos anabolizantes e hemostáticos, “podendo também ser utilizada no tratamento de anemia”. “O hormônio é conhecido como ‘chip da beleza’ por efeitos como o aumento do tônus muscular e, dessa maneira, a gestrinona é válida de ser analisada para fins benéficos à sociedade, principalmente à população feminina”, ressalta.

Para seu estudo, “será realizada uma ampla pesquisa bibliográfica, com a análise de artigos e patentes, para avaliar benefícios e problemas com o uso dos fármacos, além de monitorar a sua evolução”. “A busca será feita considerando-se os últimos vinte anos, em bases de dados como PubMed, Scielo e Web of Science. Já as bases de patentes consultadas serão a do INPI, da Espacenet e do Google Patents. Ainda não há conclusões, porém, com os resultados do projeto, a partir do início da pesquisa, pode-se relatar a elaboração de um guia atualizado sobre o hormônio”, diz a aluna.

Isso, segundo Laura, será benéfico para profissionais da saúde, “que poderão orientar melhor suas pacientes sobre distúrbios relacionados ao uso do hormônio e sua possível utilização”. “O estudo também permitirá acesso para a população obter maior conhecimento sobre os fármacos envolvidos”, completa.

Sayuri, que orienta o trabalho, resume dizendo que “o projeto é basicamente um estudo de prospecção que apresentará um conjunto de informações sobre a atuação do hormônio sintético gestrinona no organismo da mulher, além das diversas formas de utilização, com seus benefícios e efeitos colaterais”. “O resultado da prospecção será uma fonte de informação para os diversos profissionais da saúde”, reforça.

Laura, segundo a docente, tem mostrado dedicação, responsabilidade e grande interesse no desenvolvimento do projeto de iniciação científica “que começamos a escrever há alguns meses”. “Pensamos em um estudo que pudesse integrar conhecimentos da medicina e da área de gestão de inovação. Para sua formação acadêmica, será um projeto importante por complementar os conhecimentos abordados em sua graduação”, finaliza.

Informações sobre o curso de Medicina da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

Últimas notícias:

Busca

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /