202009290831

mostrar mensagem ]

AVISO DE PRIVACIDADE

A proteção dos seus dados pessoais é importante para nós. Adotamos as melhores técnicas para deixar esse site seguro. Estamos atualizando nossa política de privacidade e termos de uso do site. Em breve, ela estará aqui para você saber o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações.

ocultar ]

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Notícias

Ex-jogador de basquete da Uniara mantém na memória sua recuperação na Clínica de Fisioterapia da universidade

Publicado em: 29/07/2020

Recentemente, o ex-jogador de basquete do extinto time da Uniara, Tiago Jabur, que vive nos Estados Unidos desde 2007, relembrou-se de uma fase difícil pela qual passou quando atuava em Araraquara, e agradeceu o tratamento bem-sucedido que recebeu na Clínica de Fisioterapia da Universidade de Araraquara, há quinze anos.

“Na época, quando me apresentei à equipe, experienciei fortes dores abaixo da patela esquerda quando saltava e desconforto quando corria. Meus técnicos sugeriram começar com tratamento intenso de fisioterapia antes de continuar com treinamentos normais. Lembro-me que foi no mínimo um mês de tratamento de manhã e à tarde. Lembro-me também que, nos exames iniciais, minha perna esquerda estava muita fraca e com pouca flexibilidade. Havia uma equipe grande trabalhando comigo e meu tratamento era focado em fortalecer minha perna esquerda e melhorar minha flexibilidade. Depois que voltei aos treinos, a equipe continuou me acompanhando e fazendo um trabalho preventivo”, relata o ex-atleta.

Ele revela que os momentos mais difíceis ocorreram quando não pode treinar por um período longo e na fase inicial de fortalecimento. “Minha coxa estava muito fraca e a dor era intensa. Tive uma equipe muito especial que me ajudou e deu incentivo durante as sessões”, diz.

Após o período, poder voltar a treinar “logicamente foi muito especial, não só porque era meu trabalho, mas também porque era o que eu gostava de fazer”. “Era meu propósito por estar em Araraquara - sou de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Com o trabalho de fortalecimento e flexibilidade, tive a capacidade de usar o meu corpo com mais confiança e menos receio de sentir dores. Na época eu tinha uma tendinite aguda no joelho esquerdo que não me permitia correr ou pular sem sentir dor. Depois de mais de dois meses de trabalho intenso e constante monitoramento, tive praticamente 100% de reabilitação. A lesão não se tornou crônica. Isso foi há quinze anos e nunca mais tive esse problema”, recorda-se Jabur.

Ele faz questão de agradecer pelos cuidados que recebeu e “pelas horas de trabalho que os alunos do curso se comprometeram no meu tratamento”. “A equipe da fisioterapia que me tratou e me acompanhou foi excelente, extremamente profissional. Mantenho um carinho muito grande por todos os que me ajudaram”, declara.

O time do Uniara foi a última equipe pela qual atuou no Brasil. “Mudei-me para os Estados Unidos em 2007 para jogar por uma faculdade no Texas e parei em 2009. Agora sou engenheiro de produção em Dallas, mas continuo jogando de vez em quando”, conta Jabur.

O professor da graduação de Fisioterapia da Uniara, Maurício Falcai, que atua na área desportiva na Clínica, está contente pelo reconhecimento. “Os alunos do curso fazem estágio e esse atendimento é direcionado a atletas. Eles desenvolvem esse trabalho com muita dedicação e atenção, e esse serviço é prestado há mais de uma década”, destaca.

O coordenador do curso, Carlos Roberto Grazziano, ressalta que a graduação “tem tradição na área desportiva, na qual trabalhamos com atletas, algo peculiar em Araraquara pelo fato de a cidade ter muitos deles e dar grande incentivo ao esporte”. “Lembro-me, há quinze anos, quando atendíamos o Pipoka e outros ícones do basquete masculino. Certamente, toda a experiência que temos vem enriquecer o aprendizado do aluno, que tem contato direto com o atleta e entende todo o processo de reabilitação e prevenção de lesões dos esportistas”, aponta.

Saber que o trabalho na Clínica gerou um resultado bem-sucedido e ter esse feedback de Jabur deixa o docente bastante satisfeito. “Ficamos muito felizes por termos recebido uma mensagem de um ex-atleta que foi atendido por nós há algum tempo. Ele relatou que não teve mais o problema e isso nos traz uma alegria muito grande e mostra a dedicação de nossos docentes e estudantes com esses atletas, sejam da cidade ou até mesmo de fora, que nos procuram para serem atendidos na Clínica. Conseguimos dar uma solução a ele, que seguiu a vida normalmente com suas atividades”, finaliza.

Informações sobre o curso de Fisioterapia da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

Últimas notícias:

Busca

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /