Notícias

Educador físico: carreira em ascensão e atuação em ambientes alegres

Publicado em: 13/08/2019

A carreira de educador físico está em plena ascensão e proporciona o trabalho com um público que está contente, de acordo com o coordenador do curso de Educação Física da Universidade de Araraquara – Uniara, Maurício Tadeu Frajácomo, o Piscinão.

“É uma profissão em crescimento, visto que as pessoas têm procurado cada vez mais melhorar seu nível de atividades físicas. Além disso, o profissional vai lidar com uma população alegre, que sai de seu expediente e quer ter uma hora de lazer”, comenta o docente.

Ele aponta que “hoje, nossa vida, de um modo geral, é bastante corrida, porém, não em termos de atividades físicas, mas de compromissos”. “Os exercícios foram deixados de lado, pois usa-se muito carros e outras facilidades, e não mais bicicleta ou é realizada uma caminhada. A automatização trouxe uma série de comodidades, mas estamos pagando o preço por isso. Surgiu uma série de problemas na população de faixa etária adulta, e agora ela está preocupada em ‘correr atrás do prejuízo’”, explica.

A inatividade física, de acordo com Piscinão, causa a obesidade, “que leva a uma série de problemas, como cardíacos e até mesmo de câncer”. “Agora, querem voltar a fazer atividades, e aí entra o papel do educador físico. Com isso, cresceu a oferta de emprego na área de personal trainer, por exemplo, além do número de academias e de aulas de natação. O importante é voltar a fazer atividade física para o próprio bem-estar e para melhorar a qualidade de vida”, ressalta.

Em relação às áreas de atuação, o coordenador menciona que, no bacharelado, o educador físico trabalha fora do ambiente escolar. “Podemos citar escolinhas de esporte, por exemplo, para quem gosta de futebol, basquete, vôlei, handebol, ciclismo etc – temos cinquenta modalidades atualmente, e é esse profissional que atua desde a fase inicial até o esporte de alto rendimento, que é muito lucrativo. Tem também o setor de academia - é possível ser empresário de uma, ter um grupo de corrida e/ou caminhada, trabalhar em um spa ou fazer seu próprio negócio com atendimento em domicílio”, destaca.

Na licenciatura, o profissional é preparado para trabalhar o enfoque escolar. “Além de todas essas competências que o bacharel terá, também existe a parte pedagógica - fundamentos, educação física escolar etc -, de modo que ele será um educador, seja de criança ou adulto. Geralmente os alunos do curso procuram as duas formações, pois isso abre ainda mais o leque, e a licenciatura acaba oferendo certa segurança e estabilidade, tendo em vista que há diversos concursos públicos. Paralelamente a isso, é possível ter o próprio negócio em outro segmento, para obter uma renda e uma qualidade de vida melhores”, diz Piscinão.

O maior desafio na carreira, em sua opinião, é ser o melhor. “Durante toda a sua vida, você vai procurar se integrar sobre as atividades e pesquisas mais recentes, para que não seja ‘engolido’ pela concorrência. O que oriento aos alunos é que, quando terminarem a graduação, devem continuar seus estudos, ver a área na qual desejam atuar, aprofundar-se e procurar ser sempre o mais dedicado”, finaliza.

Informações sobre o curso de Educação Física da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.



Últimas notícias:

Busca

Assessoria de imprensa
assimprensa@uniara.com.br
16 3301 7142
Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /