202101241518

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

ONG espera ajuda da população para despoluir córregos

Por: TARCISO GONÇALVES AMORIM JUNIOR

12/11/2015

A ONG Paz e Bem tem o projeto para despoluir os córregos Tanquinho, Serralhal e Ribeirão das Cruzes, localizado no bairro do Selmi Dei, em Araraquara-SP, o que passa por uma conscientização da população. A ONG também tem o projeto de construir um parque para que a população que ali reside possa usufruí-lo.

Esses córregos há muito tempo sofrem com a poluição, resultado do despejo de lixo e entulho. Isso causou revolta nos moradores e pessoas inquietas com o cenário criaram a ONG Paz e Bem.

A ONG foi à Câmara dos Vereadores de Araraquara, diz o seu presidente, Edson Cruz. “Nosso propósito  foi unicamente mostrar que esta região tão massacrada com o preconceito, precisa ser reconhecida porque aqui moram pessoas que também querem o melhor para a sua comunidade e  vamos lutar por isso”.

 Para a despoluição dos córregos, a organização espera contar com parcerias.  Os recursos podem ser providos por algum fundo privado ou mesmo público, como o FEHIDRO, que cuida das bacias hidrográficas do sistema Jacaré/Tiete, por emendas partidárias ou mesmo aporte de empresas privadas que tenham como pré-requisito para se instalarer no município, realizar obras voltadas ao meio Ambiente. 

Edson diz que esse projeto é de longo prazo. “Não podemos ser imediatistas, achando que tudo se resolve de um dia para o outro. Ele tem uma estimativa de conclusão em 10 anos pois sua complexidade é muita grande, principalmente quando falamos em recuperação de áreas assoreadas”, completou o presidente.

O projeto ainda não está pronto, e atualmente os córregos se encontram em situação deplorável, principalmente o córrego do Tanquinho. Com a construção dos novos bairros  toda água das chuvas chegam a ele sem que as áreas de contenção tenham sido devidamente implantadas, com isto causando um assoreamento de cerca de um metro só este ano. Áreas que foram reflorestadas estão sendo levadas junto com a correnteza das chuvas e se junta às águas despejadas pelas tubulações. 

Com a despoluição a ONG quer construir um parque que terá trilhas ecológicas, quiosques de estudo ambiental próximos ao CERs, EMEFs e escolas, pista de ciclismo em torno do bosque, áreas de lazer e academia ao ar livre. Para a construção desse parque, segundo Edson Cruz, o projeto está sendo construído com apoio de muitos voluntários de diversas áreas como engenheiros ambientais, agrônomos, professores, biólogos, arquitetos, publicitários e até por donas de casa.

Além desse projeto de despoluir córregos, a ONG também faz a editoração e publicação de materiais didáticos para que professores e educadores possam trabalhar a fauna e flora do município dentro das salas de aula. Entre eles estão guias de aves do município e atlas, além de projetos que decorrem durante todo o ano.

(Publicada em 13/11/2015 - 20h05)

 



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI