Ageuniara

Jovem de Matão está entre os finalistas do Mapa Cultural Paulista

Por: SÉRGIO GABRIEL CALERA

28/10/2015

Muitos jovens ficam indecisos quando precisam escolher a profissão ou atividades que pretendem realizar durante a vida. A estudante matonense Bianca Masalskiene, de 17 anos, tem certeza da carreira que vai seguir. Ela quer cursar Artes Visuais, entrar em um curso de fotografia e continuar tirando fotos, para se tornar profissional. Durante todo mês de agosto, ela realizou uma exposição do seu projeto fotográfico “Diferenças”, com diversas fotos de irmãos gêmeos, na Casa da Cultura, na Biblioteca Municipal “Maria de Lourdes Lian” e na sede da OAB, em Matão (SP).

A paixão por fotografia surgiu a partir do momento em que ela ganhou seu primeiro celular com câmera. Bianca diz que sempre teve vontade de fazer um ensaio fotográfico e quando os primos gêmeos nasceram, ela ficou apaixonada. "Deu muito trabalho, conversei com os meus amigos e família, pedi ajuda e fomos atrás do que precisávamos. Achamos vários gêmeos, mas, muitas vezes, um dos gêmeos não queria tirar as fotos, marcávamos o local e alguns desistiam na hora, perdemos muito tempo com imprevistos. Tinhamos muito pouco tempo pra finalizar tudo", relata.

Quando questionada sobre o que mais lhe motiva a fotografar, a estudante responde que é o amor. “Eu sinto uma necessidade de guardar os melhores e os piores momentos, além da memória. Não tiro uma foto esperando algo em troca, deve ser por isso que deu tudo certo, até agora, e foi além do que eu esperava e imaginava”, observa.

Em 27 de setembro, aconteceu a Fase Regional da edição 2015/2016 do Mapa Cultural Paulista, um evento criado em 1995 com o objetivo de fomentar as produções culturais do interior. Trata-se de uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura, realizado pela Abaçaí Cultura e Arte (Organização Social de Cultura). Bianca participou do programa e foi selecionada, na modalidade Fotografia, na fase Municipal e, agora, espera sair a data da fase Estadual, que acontecerá em São Paulo.

Segundo a jovem, quando foi atrás de expor as fotos na Casa da Cultura, a coordenadora do projeto lhe explicou sobre o Mapa Cultural Paulista e perguntou se ela gostaria de participar com as fotografias. “Foi uma correria para fazer a inscrição, eram os últimos dias e estudo numa escola em período integral. Então, eram muitas responsabilidades. O apoio dos meus amigos e da minha família foi fundamental para que tudo desse certo, sou muito grata a eles. As fotos passaram por jurados e etapas. Foram escolhidas e passei para a final. Foi um choque, eu não esperava, tenho 17 anos, nunca tinha usado uma câmera profissional, nunca tirei fotos de pessoas que não eram da minha família ou amigos, ainda mais participando com fotógrafos profissionais, mas é muito boa a sensação de passar e receber elogios”, finaliza Bianca.

Publicada em 28/10/2015 às 19h.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/