Ageuniara

UFSCar abre inscrições para vestibular indígena no fim de agosto

Por: BIANCA SILVA CARVALHO

15/08/2014

De 26 de agosto a 6 de outubro, a  UFSCar (Universidade Federal de São Carlos) abre inscrições para o Processo Seletivo para candidatos indígenas 2015, com vaga adicional para cada uma das 61 opções de cursos presenciais distribuídas pelos campi de Araras, São Carlos, Sorocaba e Lagoa do Sino, em Buri.

Na UFSCar, podem se inscrever candidatos indígenas de etnias brasileiras que tenham concluído o Ensino Médio ou equivalente em escolas da rede pública de ensino ou em escolas indígenas, reconhecidas pela rede pública de ensino. Os indígenas interessados devem enviar a documentação exigida para a Pró-Reitoria de Graduação (ProGrad) da UFSCar, por meio dos Correios.

Segundo últimos dados, publicados em 2012, estima-se que o número de indígenas que buscam formação superior ultrapassa os 10 mil acadêmicos, matriculados em instituições públicas e particulares do país. Destes, cerca de 3 mil são professores indígenas. A política de inclusão indígena constitui-se no Brasil a partir dos anos 90, e no início dos anos 2000, as ações afirmativas por parte das universidades vêm aumentando, buscando aumentar a inclusão do indígena e de outros grupos sociais.

O recorte étnico-racial do Programa de Ações Afirmativas da UFSCar foi debatido em 2005, e diante da grande demanda da população indígena foi finalmente implantado o sistema de reserva de vagas em 2008. Pelo sistema, 1% das vagas na UFSCar são destinadas a indígenas  e deve ser mantido até 2017, quando completa 10 anos. Após, a instituição comprometeu-se em avaliar a possível necessidade da continuidade, extensão ou exclusão de ações afirmativas voltadas aos indígenas.

Uma das primeiras ações governamentais relativas à política de formação superior indígena ocorreu em 2001, tendo sido orientada por recomendação de organismos internacionais: a criação do Programa Diversidade da Universidade, pela Lei nº. 10.558, de 13 de novembro de 2002. Esse programa do Ministério da Educação é financiado pelo BID - Banco Interamericano de Desenvolvimento, e tem como objetivo facilitar ou promover o acesso de negros e indígenas aos cursos de educação superior do país. Os estudos na área apontam que a primeira universidade federal brasileira a promover ações afirmativas nessa modalidade (a de inclusão indígena ) foi a UnB (Universidade Federal de Brasília).

Todas as informações sobre o Processo Seletivo 2015 estão disponíveis do site da UFSCar (www.vestibular.ufscar.br), ou pelo telefone de contato com a Coordenadoria do Vestibular (16) 3351-8152.

(Publicado em 15/8/14 - 20h21)



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/