Ageuniara

Estudantes enfrentam problemas com alojamentos nas faculdades públicas

Por: STEPHANIE FASANELLI ALBIERI

03/04/2010

Com o início das aulas nas faculdades públicas, estudantes ainda tem dificuldade de encontrar vaga nos alojamentos fornecidos pelo governo. O número de alunos é maior que o de vagas, mas este não é o único problema.

Para pleitear uma vaga no alojamento da UFSCar, em São Carlos, o aluno deve entrar no site da universidade e nele imprimir uma ficha, preenchendo-a e levando diretamente ao DESS (Departamento de Serviço Social). Junto com o documento deve comprovar que não tem condições financeiras de morar em outro local. O último passo é uma entrevista com uma assistente social para conferir se realmente o aluno necessita da moradia.

De acordo com a estudante e residente do alojamento da USP em São Carlos, Yara Martins, problemas como geladeira com defeito, infiltrações, descarga do banheiro quebrada, chuveiros com mau funcionamento são frequentes, além da falta de vagas nos quartos. O quarto com seis vagas é ocupado por sete estudantes.

O estudante Carlos Oliveira, da UFSCar, confirma que os problemas são os mesmos do alojamento da USP. No seu caso, são oito pessoas morando num quarto com seis vagas. Cada apartamento tem em média três quartos, com duas camas cada um, abrigando até seis alunos. Em alguns alojamentos foram encontradas até dez pessoas.

O DESS (Departamento de Serviço Social) é o órgão responsável pelo recebimento das queixas dos ocupantes dos alojamentos. Mas os estudantes alegam que as providências demoram a ser tomadas ou às vezes nem são acolhidas, eternizando algumas dessas deficiências.

De acordo com Ocimar Nascimento, administrador da ProACE (Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis) da UFSCar, o tempo para a execução do serviço é de acordo com a disponibilidade de peças e dos materiais necessários para efetuar os reparos. Quanto à moradia, todos os alunos são acomodados, inclusive há acessibilidade aos que possuem necessidades especiais, garante Ocimar.

A assistente social da USP, Rosa Maria Martinez, teve o mesmo posicionamento em relação aos alojamentos e os problemas com peças quebradas.

Além da moradia nos alojamentos, outros benefícios podem ser solicitados pelos estudantes carentes, como bolsa alimentação e bolsa família, caso o aluno tenha filhos.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/