Ageuniara

Região recebe o projeto "Grito Rock América do Sul"

Por: SARAH MASCARENHAS LUPORINI

04/03/2009

O interior paulista se integra ao Circuito Fora do Eixo com a realização da segunda edição do maior festival integrado da América Latina, conhecido como "Grito Rock". O evento começou no dia 7 de fevereiro e acontece até 8 de março de 2009 em cinqüenta cidades brasileiras. Na região o projeto é destaque em cidades como Ribeirão Preto, São Carlos e Araraquara.

O idealizador do projeto é Instituto Cultural Espaço Cubo, mas quem executa, são os coletivos e produtores integrados ao circuito. Em São Carlos(SP) a organização foi responsabilidade do coletivo Massa Coletiva.

O festival Grito Rock teve início no ano de 2002 como uma alternativa para o tradicional carnaval. No ano de 2007 ampliou seu formato para uma versão integrada com vinte e duas cidades que se integraram ao Circuito Fora do Eixo.Em 2008 foram cinqüenta cidades incluindo Montevidéu, Santa Cruz de La Sierra e Buenos Aires, além de dez municípios no estado de São Paulo. Este ano foram quarenta e nove cidades, sendo onze paulistas.

Para esta integração o Espaço Cubo abriu edital no segundo semestre de 2008. A partir disto as cidades interessadas puderam se inscrever para participar da maior realização coletiva do Circuito Fora do Eixo.

Segundo Pablo Capilé, coordenador de planejamento do Instituto, as articulações com as cidades acontecem “Via circuito fora do eixo, que é uma rede colaborativa espalhada por todo país”.

Pablo ainda afirma que este ano “muita gente nos procurou, mas decidimos manter a ação com no máximo cinquenta cidades”.

O objetivo do Grito Rock é, justamente, fortalecer esta cadeia, mapeá-la, promover a circulação dos novos artistas independentes, estimulando a captação de recurso para tais ações, junto ao poder publico e iniciativa privada. Para Felipe Silva, coordenador de planejamento do Massa Coletiva, de São Carlos,“o Grito Rock é um momento de manifesto das lógicas de produção do Circuito Fora do Eixo. Participar desse evento praticamente garante o fluxo de artistas e produtores durante todo o ano nas diversas cenas locais”.

De acordo com Pablo Capilé "o projeto superou total as expectativas, mais de 500 bandas circulando, eventos cada vez mais organizados, público crescente e etc. Além de proporcionar diversão e música boa para mais de 100 mil pessoas durante o carnaval”.

Os próximos passos do Circuito Fora do Eixo são a realização do Festival Fora do Eixo e a integração dos coletivos na produção de conteúdo para o Portal Fora do Eixo.

O Massa Coletiva

O Massa Coletiva - Núcleo Cooperativo de Comunicação e Cultura - é um recém formado núcleo cooperativo de produção e cultura. Reúne pessoas interessadas em valorizar a força de trabalho envolvida na produção cultural e busca o fortalecimento da cultura independente ligada em rede.

Na edição realizada, em São Carlos, se apresentaram quinze bandas e aconteceu também a 1° Feira de Cultura e Economia Solidária e alcançaram sucesso de público superando as expectativas do festival e garantindo a 3° edição.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/