[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

Em vista das melhorias que estão sendo realizadas na portaria principal da Unidade I da Uniara, alunos, interessados e colaboradores devem utilizar a entrada localizada na Rua Voluntários da Pátria, 1309 (Rua 5).

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Grupo de Le Parkour de São Carlos completa dois anos

Por: DANIEL SILVA MONTEIRO

11/04/2008

Esporte atrai novos adeptos que buscam uma maneira diferente de diversão, interação social e condicionamento físico sem gastar dinheiro. Criado em maio de 2006, o Grupo de Le Parkour de São Carlos começou modestamente, como uma maneira dos fãs praticarem em grupo e trocarem experiências. Contudo, a grande difusão do esporte na mídia fez com que o grupo, inicialmente com dez praticantes, crescesse e se tornasse difusor do esporte na cidade.

O Le Parkour surgiu na França na década de 1980. Seu nome significa “O Percurso”. E é exatamente isso que os Traceurs (como são chamados seus praticantes) fazem: criam um percurso que contenha obstáculos como muros, escadas, árvores, bancos e tentam superá-los da maneira mais rápida possível, sem a ajuda de equipamentos para escalada e descida de grandes alturas. Usam somente o corpo e a coragem. Isso fez com que o esporte pudesse ser praticado em qualquer lugar, economizando dinheiro.

O Grupo de Le Parkour de São Carlos tem como ponto de encontro a praça Coronel Sales, no centro da cidade, onde os Traceurs se aquecem e treinam os vários tipos de saltos antes de partir para “o percurso” propriamente dito. Além disso, os praticantes também aproveitam para ensinar pessoas que estão iniciando no esporte e conversam de maneira descontraída. “Chega a ser uma terapia”, afirma Rafael de Lucas Simões, um dos “instrutores” do grupo.

Por ser um esporte de impacto e com grande desgaste, o Le Parkour é indicado para pessoas que já estão com um grau de preparação física razoável e que já pratiquem algum outro esporte. Mas nada impede quem ainda não tem esse nível físico de saltar. “Basta respeitar os limites do corpo”, afirma Michel Barbosa, um dos primeiros praticantes do esporte em São Carlos.

Aliás, esse é um dos primeiros ensinamentos do Le Parkour, para que haja uma prática saudável do esporte. O grande trunfo que os Traceurs ganham com a prática é o aumento na confiança, já que muitos obstáculos precisam de coragem e força de vontade para serem transpostos.

O Grupo de Le Parkour de São Carlos se reúne todas as terças e quintas-feiras na praça Coronel Sales, das 19h às 22h. Para mais informações, o grupo conta com um web site: www.leparkoursaocarlos.com.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/