[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

Em vista das melhorias que estão sendo realizadas na portaria principal da Unidade I da Uniara, alunos, interessados e colaboradores devem utilizar a entrada localizada na Rua Voluntários da Pátria, 1309 (Rua 5).

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

UFSCAR oferece 1.850 novas vagas em educação à distância

Por: RODRIGO HENRIQUE CABRERA

24/08/2007

No dia 3 de setembro de 2007, terão início as aulas da primeira turma de alunos da Universidade Aberta do Brasil da Universidade Federal de São Carlos (UAB-UFSCar). Nesta primeira fase, mil novos alunos ingressarão no ensino superior gratuito através do sistema Educação à Distância (EaD). Outros 850 começarão seus cursos no início de 2008.

A UAB é um projeto criado pela Secretaria de Educação a Distância do Ministério da Educação (SEED-MEC) com a proposta de levar o ensino superior para os municípios onde não há oferta de cursos, ou os existentes não são suficientes para atenderem a todos os cidadãos.

Para isso, estabeleceu-se uma parceria entre as Universidades, responsáveis pela elaboração, organização e administração dos cursos, SEED-MEC, responsável por financiar e gerenciar a implantação, ditando padrões de qualidade, e pelos Municípios, responsáveis por criar e administrar os pólos de apoio presencial com bibliotecas, secretaria e laboratórios para uso dos alunos.

A UAB na UFSCar

A UFSCar tornou-se parceira da UAB oferecendo cinco cursos de graduação a distância: Pedagogia, Sistemas de Informação, Educação Musical, Engenharia Ambiental e Tecnologia Sucroalcooleira.

Esses cursos são oferecidos para 19 cidades de seis diferentes estados que se credenciaram como pólos da UFSCar, somando um total de 1.850 novas vagas no ensino superior.

“A administração da UFSCar entendeu que este era o momento de ingressar na EaD, pois o projeto da UAB, além de ousado, garantia qualidade de ensino aos alunos ingressantes”, disse a profa. dra. Denise Martins de Abreu-e-Lima, coordenadora da UAB-UFSCar.

Os cursos oferecidos foram elaborados na própria UFSCar por professores de diferentes departamentos. Entre eles, apenas dois, Pedagogia e Educação Musical, apresentam similaridade com os ofertados presencialmente, mesmo assim com propostas diferentes devido às especificidades da modalidade.

Nem todos os envolvidos no processo de criação da UAB-UFSCAR tinham experiência com ensino à distância, com exceção de alguns que já utilizavam ambientes virtuais como forma de complementar as atividades de suas disciplinas. Por esse motivo, foram contratados professores com experiência em EaD, para auxiliar no processo de formação dos docentes que atuarão na UAB.

Segundo o prof. dr. Valdemir Miotello, diretor do Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH) da UFSCar, a UAB traz uma oportunidade para os professores aprenderem a trabalhar com uma nova ferramenta de ensino. “A UFSCar tem um corpo docente bem constituído, bem instalado em uma instituição de tradição e, ainda assim, com a mente aberta para se colocarem em um novo processo de aprendizagem”.

Ainda em relação aos docentes, uma questão que gera discussões é se o fato de acumular duas funções poderá vir a provocar a queda de rendimento de um ou outro curso. Para Denise Martins, é uma disciplina como outra qualquer e, apesar de exigir uma organização maior quanto à elaboração do material didático, o professor poderá contar com o auxílio dos tutores no desenvolvimento das aulas, o que não acontece no presencial.

O funcionamento da UAB

Em se tratando de cursos a distância, a UAB fará uso de vários recursos multimídias para o ensino, como vídeos e áudios. Para isso, foi criada uma unidade especial da UAB na UFSCar, onde há uma equipe de apoio pedagógico ao professor, formada por técnicos em informática e equipe de audiovisual, para atender a essas necessidades.

A interação ocorre principalmente no ambiente virtual de aprendizagem, entre alunos, tutores virtuais e professores. Para cada 25 alunos haverá um tutor virtual que estará disponível para auxiliá-los no cumprimento de suas tarefas. O professor interage de forma mais global com os alunos, haja vista o número de alunos pelos quais é responsável.

As atividades presenciais serão realizadas nos pólos, com acompanhamento dos professores e tutores presenciais, de acordo com a grade de cada disciplina. O aluno terá uma carga horária semelhante à do curso presencial.

Nesse sistema de ensino é fundamental a participação dos tutores. A UAB-UFSCar conta com tutores virtuais e presenciais que auxiliam no processo de aprendizagem. A responsabilidade deles não é tanto com o conteúdo, mas na organização das atividades nos pólos, no auxílio ao estudo e às pesquisas.

Para Cintia Alves da Silva, tutora virtual no curso de Educação Musical, o tutor é uma peça-chave no processo de EaD, uma vez que ele é quem realiza a intermediação aluno-professor.

Assim como nas relações habituais entre professor-aluno, no ambiente virtual também existirão normas de "netiqueta" (etiqueta da internet) a serem cumpridas. Uma dessas normas confere à escrita, o meio básico de comunicação nesse sistema, a necessária adequação da linguagem ao contexto de educação formal.

“Essas normas foram estudadas pelos tutores durante o curso de formação em tutoria virtual da UAB e serão vistas pelos alunos na disciplina de EaD, oferecida já no primeiro semestre letivo a todos os cursos”, informou Cintia.

A Educação a Distância no Brasil

Há algum tempo a EaD vem sendo usada como ferramenta para levar o conhecimento para aqueles que, por algum motivo, não têm a possibilidade de se deslocar até a instituição de ensino. Em 2005, o governo federal resolveu adotar a metodologia para incluir mais estudantes no ensino superior.

"A única forma de incluir novos jovens no sistema universitário é oferecer ensino gratuíto, e a UAB tem essa intenção", disse Miotello.

A EaD muitas vezes é vista como sinônimo de baixa qualidade de ensino e responsável pelo sucateamento da educação. Segundo Denise, “o objetivo não é sucatear, mas sim democratizar o ensino de qualidade, estendendo a oportunidade para mais pessoas poderem participar do ensino superior público".

Os Alunos da UAB-UFScar

Entre os aprovados no primeiro processo seletivo da UAB-UFSCar, há uma grande diversidade de motivos e necessidades que os levaram a escolher fazer um curso a distância.

Sílvia Lopes Clemente Machado, 18 anos, mordora de Itapetininga, matriculou-se no curso de Tecnologia Sucroalcooleira. "Este á um curso que irá formar um profissional muito solicitado nos próximos anos", acredita. No caso de Sílvia, a opção pela UAB se deve à implantação de um pólo em sua cidade, tornando desnecessário deslocar-se, o que a impedia de continuar os estudos.

Marina Stetner Dias, 18 anos, mora em São José dos Campos e foi aprovada no curso de Engenharia Ambiental. “É uma carreira que me agrada e o curso se adapta à minha disponibilidade atual. O peso de uma universidade como a UFSCar também foi crucial para minha escolha”, afirmou.

Quanto ao futuro dos profissionais formados pela EaD, em relação à sua aceitação no mercado de trabalho, Denise acredita que essa é uma das dúvidas mais freqüentes. Acredita que só o tempo fará com que as pessoas tenham mais consciência do padrão de qualidade que as universidades querem implantar na EaD e demonstrem menos preconceito. “Com o tempo, essa visão de que a EaD é de baixa qualidade se dissipará. Não há como andarmos para trás nessa era de tecnologia”, conclui.

Contato

Para entrar em contato com a UAB-UFSCar, acesse o site www.uab.ufscar.br. Para entrar no site do programa federal, acesse: www.uab.mec.gov.br.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/