Ageuniara

Matão desenvolve projeto cultural

Por: DAVID CONRADO LIESENBERG

14/06/2007

Promovido pela Casa da Cultura de Matão(SP),pelo Instituto Matonense Municipal de Ensino Superior (IMMES) e o Cine Teatro Matão, o projeto cultural "Sessão de Cinema" foi criado com o objetivo de promover a cultura através do cinema, utilizando-o como instrumento de reflexão para temas e problemas fundamentais da coletividade.

Dentro dessa proposta, as entidades se uniram e resolveram criar uma condição especial para que os interessados pudessem assistir a produções de qualidade, com custo baixo e o máximo aproveitamento.

A primeira fase do projeto prevê a projeção de quatro filmes entre os meses de maio e junho, rigorosamente selecionados, e com a participação de especialistas convidados para fazerem uma pequena palestra dentro do tema da película exibida.Os debate são abertos para todos os participantes e ocorre antes da exibição dos filmes.

As palestras têm o objetivo de situar o espectador de cinema no universo cultural, histórico, político e social em que se desenrolam as ações do filme.

Segundo Valéria Tadiotti, proprietária do Cine Teatro Matão "por ser um instrumento de reunião pública,o cinema contribui para a abertura do diálogo entre as pessoas e para a troca de impressões sobre o mundo".

Ainda, de acordo com Valéria, o projeto surpreende aqueles que freqüentam as sessões pelo teor dos comentários apresentados antes do filme pelos especialistas no assunto.

O cinéfilo Valentim Rodrigues disse que "ir a uma sessão de cinema já é muito agradável. Mas o fato de podermos nos aprofundar nos assuntos propostos e debater com os especialistas é, ainda, mais enriquecedor".

As duas primeiras sessões tiveram um público considerável, por volta de 150 pessoas em cada sessão. Para os organizadores do projeto, ele deveria ter as quatro sessões cheias para se tornar viável economicamente, mas eles não perderam as esperanças em vista do resultado, até agora."Como estamos investindo ainda, esperamos que em breve possamos colher os frutos desse trabalho", afirma Valéria.

Programação

As sessões ocorrem aos sábados, sempre às 15h. O primeiro filme exibido no dia 12 de maio de 2007 foi "Araguaya: conspiração do silêncio" e teve a participação de Carlos Henrique Gileno, doutor em Ciências Sociais.

O segundo filme, "Adeus, Lênin!" foi exibido no dia 26 de maio, com a orientação de Lygia Simão Nicolucci, Diretora do Departamento de Cultura do Município de Matão.

O terceiro filme, "Zuzu Angel", será exibido no dia 16 de junho com a participação de Carla Gandini Giani Martelli, doutora em Sociologia.

O filme "Dom Helder Câmara",encerra a primeira fase deste projeto e será exibido no dia 30 de junho com a participação do Padre Marcos Antonio Simões Pião.O projeto deverá ter outras edições, com outros temas de interesse.

O pacote com direito a assistir aos quatro filmes sai por R$ 12,00. Como faltam apenas dois filmes para serem exibidos, em 16 e 30 de junho, os ingressos serão vendidos na hora, ao preço de R$ 3,00.

Mais informações podem ser obtidas no Cine Teatro Matão que fica na Rua João Pessoa, 842, Centro de Matão.O telefone para contato é (16) 3384-7777. Também podem ser obtidas informações pelo site www.cineteatromatao.com.br/.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/