[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Rádio Uniara FM 100,1 está temporariamente fora do ar para ajustes técnicos.

Em breve, toda a programação da rádio estará normalizada. Agradecemos a compreensão de todos os nossos ouvintes

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Complexo viário poderá ser inaugurado em agosto

Por: JESSICA MACHADO

14/06/2007

Em Matão (SP)sempre houve um problema na principal avenida da cidade, que é a linha férrea. Na avenida XV de novembro passam trens de carga a qualquer hora e qualquer dia, o que causa transtornos as pessoas e com motivo.

O fato de o trem passar em horários desapropriados acarretou em anos de reclamação. Depois dessa reclamação foi construída uma passarela para os pedestres e criado um projeto de um complexo viário para os automóveis.

No dia 15 de janeiro as obras do complexo foram iniciadas.Segundo o secretário municipal de obras, Julio Alberto Rodrigues Marques,a previsão de inauguração será no mês do aniversario da cidade, em agosto, exatamente no dia 27.

Marques também diz que o valor total gasto na obra é de R$ 2,4 milhões,aproximadamente.Ele acredita que este valor não será ultrapassado e que a obra trará bons resultados, pois estão trabalhando vigorosamente para que ela seja entregue no prazo.

“A idéia do projeto surgiu em função de uma necessidade. Devido ao trem, quando passa, o trânsito fica em fluxo e a população reclama dos transtornos causados.E,felizmente, a prefeitura deu condições para que este problema acabe",destaca o secretário.

Os moradores esperam que a obra traga melhorias para Matão e acreditam que irá beneficiar todos que moram nas redondezas e precisam passar pela linha férrea todos os dias.

O morador Giuliano Rudinei Maria, 31,acha que este projeto depois de pronto vai ser muito bom, mas acredita que a prefeitura demorou a tomar uma decisão a respeito. “Eu mesmo fui uma das pessoas que sempre criticou a travessia, um dos exemplos do problema é que o trem passa nas horas de pico, hora de ir para o trabalho”.

“Mas espero que a conclusão da obra seja bem sucedida, e que não traga futuros transtornos",completa Giuliano.

Outro morador,Thiago Henrique Monfré, 22, reside no bairro Alto, que é o mais prejudicado.Ele diz que depois de concluída a obra será melhor para ele.“Todos os dias, praticamente, faço um desvio de dois quilômetros para não atrasar para o trabalho, quando o trem está passando",observa.

Gláucia Aline Nunes, 22, diz que passa pela linha do trem pelo menos quatro vezes por dia para ir trabalhar e declara que seu medo é que o túnel, depois de pronto, se torne ponto de encontro para os marginais.“Passo da linha as 8h, às 14h, às 15h30 e às 18h, para ir e voltar do trabalho e é justamente nessas horas que o trem passa.É incrível",afirma.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/