[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Rádio Uniara FM 100,1 está temporariamente fora do ar para ajustes técnicos.

Em breve, toda a programação da rádio estará normalizada. Agradecemos a compreensão de todos os nossos ouvintes

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Agronegócio pode gerar novos empregos em Matão

Por: RICHARD JOSE SELESTRINO

30/03/2004

Acostumado com queda nas vendas no período de dezembro a meados de março, o agronegócio vive um inicio de ano atípico. O setor registra crescimento em 2004 e pode gerar novos empregos em Matão (SP).

A balança comercial de fevereiro registrou alta de 32% comparada com o mesmo período do ano passado e gerou mais empregos na cidade.

O agronegócio cresceu 1,6% em 2003 e pelo terceiro ano consecutivo foi o principal responsável pelo crescimento da economia do país.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a taxa foi obtida, graças ao bom desempenho dos ramos de produtos industriais utilizados pela agricultura.O segmento de máquinas e equipamentos foi o que mais se destacou.

A assessoria de imprensa da empresa Marchesan, que atua no ramo de máquinas e implementos agrícolas, com sede em Matão, informa que o bom se deve ao bom desempenho do setor aos subsídios dados pelo governo aos agricultores e também as exportações.

"O crescimento dos últimos três anos não foi fruto apenas do incentivo governamental, mas também de uma série de fatores que incentivaram as exportações", informa a diretoria da Marchesan,por meio de sua assessoria de imprensa.

A empresa ressalta ainda que o bom desempenho do início de 2004 é residual do ano passado, porém acredita que com a chegada da Feira de Agronegócio em Ribeirão Preto (SP), a Agrishow, o segmento ganhará novo ânimo.

"A possibilidade de novas contratações dependerá do comportamento do mercado.Se os agricultores acreditarem que seja viável a renovação de seus implementos, isto gerará demanda de mão de obra", informa a assessoria da Marchesan.

Para o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Matão (ACE), Antonio Augusto Coelho, o desempenho do agronegócio deve ser igual ou inferior ao ano passado. Ele acredita que a queda da cotação do açúcar no exterior pode desaquecer o mercado.

"O desempenho de fevereiro não deve se manter e o setor deve se estabilizar. Acredito que a queda da cotação do açúcar no exterior deva esfriar o mercado", diz.

Segundo ele,o Brasil tem hoje 70 mil agroindústrias que corresponde a 29% do PIB do país.

O IBGE revela que o setor emprega mais de 15 milhões de pessoas, ou seja, 20% da mão de obra economicamente ativa.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/