Ageuniara

Saúde bucal: a importância dos cuidados durante a infância

Por: GYOVANA RODRIGUES VARGAS

21/03/2017

Cuidar da saúde bucal é muito importante, e é fundamental começar desde a infância, quando se deve prevenir, diagnosticar e tratar possíveis problemas dentários. Para isso, é necessário, aliar cuidados profissionais, orientação às crianças e conhecimento dos responsáveis sobre os benefícios de cuidar bem dos dentes desde cedo.

 A dentista Isabela Silva Lia, de Araraquara (SP), explica que alguns profissionais recomendam iniciar a higienização bucal do bebê mesmo que os dentes ainda não tenham nascido, porém outros são contra, pois pode ocorrer de, durante a manipulação, alterar-se o ponto de náusea e este ser anteriorizado. Para ela, a higiene pode ter início quando os dentes começarem a nascer. “Primeiro com uma dedeira, depois com uma escova de bebê apropriada, sem utilizar creme dental. E quando ele já tiver os dentes no fundo, começar a escovação com uma escova maior. Conforme os dentes crescem, aumenta-se o tamanho da escova” explica.

Crianças costumam comer muitos doces, o que requer ainda mais cuidado, e alimentos com açúcar causam um dos maiores problemas que envolvem saúde bucal: as cáries. Isabela explica que elas são caracterizadas pela perda de mineral do dente. As bactérias, que se alimentam de pedaços de alimentos açucarados, excretam seu ácido e, com isso, tiram o mineral presente. Para prevenir é preciso fazer o uso correto de flúor, e é importante remover a placa bacteriana, que é uma grande causadora de cáries, através da escovação, além de substituir estes alimentos por outros que contem menos açúcar.

Existem as chamadas “cáries de mamadeira” que são provocadas pelo excesso de mamadeiras noturnas açucaradas, que unidas à baixa salivação durante a noite causam o problema, por isso é fundamental a escovação antes de dormir. Outra maneira de prevenir a cárie na infância é evitar assoprar a papinha do bebê e outros costumes em que há transmissão de bactérias através da saliva.

A Assistente de Departamento, Aline Cordeiro, mãe de Emanuel Cordeiro e Augusto Cordeiro, de cinco anos e dois anos, respectivamente, conta que seu filho mais velho já teve cárie, e que ela percebeu, porém que não recebeu orientações sobre a importância da prevenção periódica, e que isso a deixou frustrada, principalmente porque, ao buscar ajuda de uma profissional, não recebeu tratamento que a deixasse confiante. “Na segunda tentativa, o tratamento foi realizado sem traumas, sem anestesias. Hoje ele vai ao dentista sem problema algum, confia e é bem orientado por ela”, comenta.

Realizar visitas periódicas a profissionais, para receber informações adequadas e fazer o acompanhamento da saúde bucal das crianças é muito importante, principalmente para criar hábitos corretos. Aline conta que leva seus filhos ao dentista, a cada seis meses, para prevenção, aplicação de flúor e orientações. Ela diz que cuida da alimentação deles, optando sempre por alimentos com menos açúcar.

A participação dos pais no processo de escovação dos filhos também é fundamental e faz diferença na saúde bucal das crianças. Aline alerta sobre a importância de estarem conscientizados em relação ao assunto. “A conscientização é importante. Temos este dever em, desde pequenos, ensinar hábitos que serão extremamente importantes no futuro. Sempre os deixo começar a escovação para que possam aprender e depois finalizo o processo, pois nesta fase são muito pequenos para uma boa escovação”, comenta.

É necessário ter cuidado com quantia do que é utilizado durante a escovação, principalmente sobre a quantidade de flúor, que é um elemento que estimula a remineralização através da saliva, e é muito importante na prevenção da cárie, porém, se ingerido em excesso, corre-se o risco de ter fluorose (excesso de flúor na mineralização), e atrapalha a formação do dente. É preciso estar sempre atento a todas as questões que envolvem a saúde bucal durante a infância para evitar futuros problemas.

Publicada em 21/03/2017 às 20h53.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/