[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Rádio Uniara FM 100,1 está temporariamente fora do ar para ajustes técnicos.

Em breve, toda a programação da rádio estará normalizada. Agradecemos a compreensão de todos os nossos ouvintes

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Projeto Pet de Rua pede a colaboração da população de Ibitinga

Por: NAIRA SUÉLEN DE MORAIS

25/11/2016

Projeto consiste na construção de casinhas de cachorro a partir do reaproveitamento de caixas de leite vazias. A bióloga Mariana Guidi Kulicz teve a iniciativa de realizar o “Projeto Pet de Rua” em Ibitinga após acolher uma cachorra de rua em sua casa. Surgiu assim, a necessidade de comprar uma casinha para ela.

“Como uma casinha é muito cara e não cabia no meu orçamento naquele momento, resolvi pesquisar na internet métodos de fazer casinhas de cachorros e encontrei uma que um pai construiu para a filha brincar de boneca; achei interessante e tive a ideia de fazer casinhas de cachorros com caixas de leite”, explica Mariana.

O projeto consiste na construção de casinhas a partir do reaproveitamento de caixas de leite vazias. A ideia inicial era construir distribuí-las nas praças da cidade para animais abandonados, mas agora pretendem doar casinhas para a APAR – Associação Protetora dos Animais.

Os materiais utilizados na confecção são basicamente areia para fazer a base e as caixinhas de leite. Como são compostas por seis camadas, entre elas alumínio, plástico e papel cartão, as caixinhas resistem à chuva e ao sol, o que dá boa durabilidade às casinhas.

De acordo com Mariana, cada casinha para um animal de médio a grande porte utiliza 150 caixas de leite. “É um número alto, mais se conseguimos doações de todo mundo a gente consegue bater rápido esse número. Estou realizando esse projeto com uma equipe de sete pessoas; estamos indo atrás da papelada porque o projeto Pet de Rua vai virar uma Ong talvez até o meio do ano que vem”,  explica a bióloga.

Mas para que o projeto dar certo é necessária a colaboração da população, guardando e doando as caixas vazias. Para que possam ser utilizadas, são necessários alguns cuidados para manter a resistência e a durabilidade das caixinhas. Não devem ser amassadas, uma vez que  nunca voltam ao formato original; e não podem ter as "orelhas" de baixo desdobradas, porque são usadas como se fossem tijolos e precisam manter o formato original.

Antes de entregá-las para o Projeto, o doador deve ao menos enxaguá-las.Caixinhas com larvas e bolor perdem a impermeabilização original e não podem ser expostas a chuva, tendo que ser descartadas.

O telefone para contato em caso de doações é (16) 99744-5940.

(Publicada em 25/11/2016 - 19h38)



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/