Ageuniara

Tecnologia a serviço do futebol

Por: THIAGO HENRIQUE CARVALHO

18/08/2016

No futebol não existe segredo, existe trabalho. Na Ferroviária, a rotina intensa de treinamentos vem dando resultados. A ótima campanha neste início de Copa Paulista (vice-líder da competição e invicta), tem um aliado importante: a tecnologia. Com a ajuda de um software, o preparador físico da Locomotiva, Rodrigo Squinalli, tem acesso a informações importantes dos atletas. Dados que auxiliam diretamente nos treinamentos e durante os jogos.

O Team Pro é um programa de análise de performance em tempo real. Através de um giroscópio (GPS) inserido no atleta, ele mede frequência cardíaca e a velocidade dos jogadores. Emite dados técnicos mais complexos, como a distância percorrida em jogo e o nível de fadiga dos jogadores. Índices importantes que podem comprometer a performance do time.

“Não só nos treinamentos, mas em dias de jogos o programa também é muito utilizado. Ele nos fornece a performance de cada atleta em tempo real. No intervalo do jogo temos acesso aos jogadores que se desgastaram mais, ou estão abaixo do seu rendimento. A partir dessas informações, o treinador tem fundamentos para fazer alterações no time durante o intervalo, por exemplo”, explicou o preparador físico da Ferroviária, Rodrigo Squinalli.

No final de cada partida, o programa emite um relatório completo com informações técnicas que podem auxiliar nos treinamentos. Segundo o treinador da equipe, um forte aliadao na dinâmica de trabalho.

"O acesso a esses dados auxilia bastante na nossa rotina de trabalho. São informações que influenciam diretamente na carga de treinamentos durante a semana, qual jogador substituir no intervalo do jogo e uma série de outras situações. Essa modernidade nos permite alcançar resultados melhores, próximo do que vem sendo praticado no que chamam de futebol moderno".

Há um ano no mercado, apenas Ferroviária, Vasco da Gama e Bahia utilizam o programa. Pioneiro no estado de São Paulo, o time de Araraquara busca ser referência em tecnologia.

“É impossível fazermos futebol moderno, sermos referência, sem o uso da tecnologia. Não podemos contar apenas com o empirismo. Acredito que futuramente vários clubes vão estar usufruindo dessa ferramenta”.

Preparador físico desde 2010, com três especializações e passagens por clubes como Juventude-RS, São José e Operário, Squinalli conta que, apesar dos benefícios e da ajuda da tecnologia, o sistema é apenas uma ferramenta de trabalho.

“O programa também tem a sua parcela de colaboração na campanha positiva do time. Mas o nosso foco principal é trabalhar com bola, trabalhar dentro do modelo de jogo do treinador. Nenhum treino físico ou não físico sai do modelo do treinador. Essa ferramenta veio para quantificar os treinos que a gente já fazia antes. Nosso método de trabalho é exclusivamente com bola, o restante são atividades inseridas dentro do padrão de jogo do treinador”, explica o preparador físico da Ferroviária.

(Publicado em 19/8/2016 - 18h48)



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/