202101241609

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Estudantes buscam suporte na internet

Por: RAFAEL ZUOLO ALBERICI

27/04/2016

Atualmente a utilização da internet na educação está cada vez mais presente, seja para pesquisas de textos e imagens ou para a procura de livros ou vídeos. Escolas e universidades buscam mais por esses recursos para não ficarem atrasadas em relação às demais. Assim, a internet serve como suporte nas atividades de ensino.

A cada dia, os jovens se mostram mais aptos e propícios à acessar conteúdos educativos online, ao invés de ler um livro. Hoje é muito comum encontrar jovens que passam horas navegando entre sites que geram informações. É o caso do estudante de pós graduação à distância em gestão empresarial de Araraquara (SP), Caio Fernandes, que diz preferir ficar trinta minutos assistindo à uma vídeo aula, com slides, animações e possibilidade de interagir com outros alunos e professor tutor, ao invés de ler um livro.

Novas tecnologias podem trazer benefícios para a educação, como as redes sociais educativas, e-books, jogos, vídeo aulas e cursos online, que ajudam na forma como o conteúdo didático é transmitido aos estudantes, e se tornam, assim, complementos no processo educacional.

Para a estudante de 18 anos, Aline Braga, as formas estão mudando, mas o conteúdo é o mesmo. “Muitos professores e escolas estão se moldando, entendendo e atendendo as necessidades das novas gerações”, diz.

Já para a coordenadora do serviço vocacional da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (UNESP), Maria Beatriz de Oliveira, de Araraquara (SP), a tecnologia deve servir como complemento no processo educacional, e não devem substituir os livros e professores. "A orientação dos professores é fundamental para um bom aprendizado e melhor aproveitamento das tecnologias", argumenta Beatriz.

Segundo o professor de História, Antônia Guerra, de Araraquara, a internet é um ambiente repleto de atrativos que facilitam a dispersão. Para ele, o docente deve orientar o estudante a fugir das armadilhas e a utilizar a internet com concentração. “O papel do professor é evitar que os alunos sejam dispersos enquanto realizam suas pesquisas. Trata-se de um dilema complicado de ser resolvido na prática, uma vez que alguns atravessam uma fase de deslumbramento com a tecnologia, em que encontram-se curiosos e dificilmente conseguem organizar-se a fim de se concentrar em um só site ou tema de cada vez”, orienta.

Publicada e 27/04/2016 às 21h38.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI