Ageuniara

Redes Sociais têm adquirido importância crescente na sociedade moderna

Por: LUÍS RENATO DE CAMPOS DAMIM

16/03/2016

A estudante Lorena Campos de Araújo, de 18 anos, de Araraquara (SP), é uma das inúmeras pessoas viciadas nas Redes Sociais, mais exclusivamente no Facebook. Ela utiliza as Redes Sociais tanto pelo computador quanto pelo celular, mas tem preferencia pelo aplicativo do smartphone, pela praticidade. “Fico online 24 horas por dia”, diz ela que  já está acostumada a dar aquela olhada básica no “Face” sempre que tem um intervalo na faculdade ou no trabalho.

Lorena costuma usar o Facebook para ficar atenta às novidades e notícias. “Acompanho revistas, jornais, blogueiros  para ficar dentro de vários assuntos. Também amo ver dicas de beleza, fotos dos meus amigos, novidades dos artistas que mais gosto e dicas de estilo”, observa.

O lado que menos lhe interessa são notícias  envolvendo problemas com crianças, vídeos de acidentes e as imagens de maus tratos aos animais.

Ao ser perguntada se conseguiria ficar um dia sem celular ou sem acessar o Facebook, ela afirma que: “Acredito que sim, mas ficaria muito nervosa e ansiosa para usar novamente e ver as notificações.” 

A psicóloga Maria Fernanda Nunez, de Araraquara, orienta que para se livrar desse vício é preciso realizar metas, assim como é feito com uma dieta. “Começando contando quanto tempo por dia você tem dedicado ao Facebook, honestamente. Com isso vá diminuindo gradativamente: de uma hora para cinquenta minutos, e assim por diante, até que sinta que seu uso se tornou saudável”, explica.

“Desligar os dados móveis durante o trabalho, na escola, na faculdade, em qualquer lugar ou deixar o celular no modo avião são dicas importantes. Pelo menos experimente para perceber qual a relação de dependência que você tem estabelecido com a rede”, finaliza.

Saiba mais sobre esse “Vício Tecnológico” (Redes Sociais)

Conforme o site https://pt.wikipedia.org/wiki/Rede_social, Rede Social é uma estrutura social composta por pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos de relações, que compartilham valores e objetivos comuns. Uma das fundamentais características na definição das redes é a sua abertura, possibilitando relacionamentos horizontais e não hierárquicos entre os participantes. Redes não são, portanto, apenas uma outra forma de estrutura, mas quase uma não estrutura, no sentido de que parte de sua força está na habilidade de se fazer e desfazer rapidamente.

Muito embora um dos princípios da rede sejam sua abertura e porosidade, por ser uma ligação social, a conexão fundamental entre as pessoas se dá através da identidade.

As Redes Sociais online podem operar em diferentes níveis, como, por exemplo, redes de relacionamentos (Facebook, Twitter, Instagram, Google+, Youtube, MySpace, Badoo), redes profissionais (Linkedin), redes comunitárias (redes sociais em bairros ou cidades), redes políticas, redes militares, dentre outras, e permitem analisar a forma como as organizações desenvolvem a sua atividade, como os indivíduos alcançam os seus objetivos.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Rede_social

Publicada em 16/03/2016 às 18h54.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/