Ageuniara

Boa Esperança do Sul conta com assistência social do CRAS

Por: CAMILA GONÇALVES JARDIM

11/03/2016

No dia 23 de fevereiro foi inaugurado pela prefeitura de Boa Esperança do Sul o primeiro Centro de Referência de Assistência Social – CRAS "Antônio Maximino Billar (Nico)". O CRAS oferece assistência para famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade social do munícipio tais como crianças e adolescentes, vítimas de violência e maus tratos, idosos, pessoas com deficiência e população de rua.

A assistente social e gestora da política de assistência social do Município de Boa Esperança do Sul, Marta Cristina de Souza Merline, explica que as famílias podem contar com assistência continuada, como por exemplo, acompanhamento em serviços socioeducativos e de convivência, acolhimento, orientação e apoio na garantia dos seus direitos de cidadania, entre outros.

Todos os serviços de assistência continuada serão realizados por meio do PAIF – Programa de Atenção Integral à Família. O CRAS conta também com o desenvolvimento de programas, projetos e ações de fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários que serão oferecidos de acordo com o público que o procura.  

Marta conta que algumas famílias com vínculos fragilizados, e outras que procuram benefícios eventuais e emergências, já estão procurando o CRAS. A Assistente Social explica também que a capacidade de atendimento do CRAS varia de acordo com o porte do munícipio e com o número de famílias em situação de vulnerabilidade social. O CRAS de Boa Esperança do Sul tem o território referenciado por até 2.500 famílias com a disponibilidade de atender até 500 famílias por ano.

Marta comenta que a implantação do Centro na cidade, significa um salto em direção às políticas sociais,além de potencializar o alcance dos serviços de assistência social. "O foco do atendimento é nas famílias, como apoio para sustentar os vínculos familiares", explica. 

A dona de casa Ana Lúcia dos Santos, moradora de Boa Esperança do Sul, conta que ficou feliz com a inauguração do CRAS e que vai procurar por assistência inscrevendo suas duas filhas em algum dos projetos oferecidos pelo Centro. “É muito bom saber que vamos ter esse tipo de ajuda na cidade”, comenta a dona de casa. 

(Publicada em 11/3/2016 - 19h50)



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/