202101272301

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Concorrência faz o preço dos combustíveis cair em Araraquara

Por: DANIEL RIBEIRO SIGOLO

17/06/2003

O governo federal adotou novas medidas para controlar os preços dos combustíveis no país, porém, em Araraquara (SP), o que está motivando a queda de preços é a concorrência, que a cada dia se torna mais acirrada entre os postos.

Segundo Rubis Monte, gerente de um posto de combustível na cidade, a pressão realizada pelo governo não faz os postos manterem a mesma faixa de preço, assim como é sugerido.

“A pressão existe, mas a concorrência é o principal motivo para os preços caírem tanto”, diz.

A concorrência chega a ser tanta que os postos colocam seus funcionários para andarem pela cidade diariamente para fazerem conferência nos preços dos concorrentes para não ficarem para traz, caso algum posto abaixe mais que o outro.

“Hoje na cidade todos os postos trabalham em função da concorrência, é onde muitos acabam pecando na questão da qualidade,pois compram combustíveis de baixa qualidade para poderem concorrer no mercado", afirma Rubis.

Para ele isso é que faz com que os clientes dos postos saiam prejudicados e o fator que queima a imagem dos postos barateiros.

Ele diz que é impossível todas as cidades manterem uma média de preço, pois cada cidade tem um mercado diferente." É o que faz neste ponto aparecem as grandes diferenças de cidade para cidade. Temos que seguir a média dos outros postos.E se amanhã todos subirem os preços, também teremos que subir para não ficarmos no prejuízo”,observa.

Rubis afirma também que os donos de postos de combustível estão tendo baixo lucro com esta queda. “Enquanto ninguém tomar a atitude de subir os preços, ele ficará nesta média e se os donos de postos não usarem a cabeça ficarão no prejuízo”,alerta.

As medidas implantadas pelo governo foram de estabilizar os preços em cada região do país para que o consumidor não seja alvo dos preços abusivos dos combustíveis.

Desta forma não deixando a população nem os donos de postos no prejuízo, pois com o preço sugerido, no estado de São Paulo de R$1.98, por exemplo, os representantes de postos teriam uma boa margem de lucro e a população pagaria um preço único e sem abusos.

O que acontece no mercado de combustíveis hoje é a livre concorrência de mercado, pois os donos de postos estipulam o seu próprio preço, tendo em vista o seu lucro e a concorrência "não é possível manter um único preço num mercando tão volúvel como o dos combustíveis” finaliza Rubis.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI