Ageuniara

Espírito Natalino: a solidariedade dos matonenses

Por: CAMILLA CRISTINA DE SOUZA

18/11/2015

Com a chegada do fim do ano, as pessoas tornam-se mas solidárias. Em Matão (SP), esse sentimento não é diferente. Conforme o site  http://www.matao.sp.gov.br/secretaria/18/fundo-social-de-solidariedade.html, "...solidariedade é um sentimento de identificação em relação ao sofrimento do próximo, é ajudar quem precisa sem ao menos conhecer..." . É comum ouvir que o brasileiro é solidário, um exemplo recente foi a tragédia que aconteceu no Distrito de Bento Rodrigues, de Mariana (MG), onde várias pessoas perderam tudo, após o rompimento da barragem de rejeitos. Entretanto, vários estados se mobilizaram e estão enviando água, e comida aos sobreviventes.

“Com o Natal se aproximando, o espirito solidário fica mais aguçado nas pessoas, há muitas doações principalmente de brinquedos para as crianças do Lar Espirita Cairbar Schhutel em Matão ”, comenta a Presidente do  Fundo Social de Solidariedade(FUNSOL), e primeira dama de Matão (SP), Maria Antônia Gatti Dumont.

"Também aumentam as doações de cestas básicas, rações para o canil municipal, e roupas. Nessa época do ano os números de voluntários nos projetos sociais também aumentam em torno de 25%, um dos projetos é o Pazlhaçada que tem o intuito de alegras as crianças que estão internadas no hospital municipal", diz Maria Antônia.

“Agora em novembro fez exatamente um ano que participo do projeto Pazlhaçada. Entrei porque queria ajudar e levar alegria às crianças, que infelizmente estão internadas nesta época tão linda. Eu aprendo muito mais do que ensino, eles me fazem um bem imensurável”, explica a estudante Mirela Santos, que é voluntária do projeto.

Durante o ano todo são feitas campanhas como a do agasalho, chá benificente, e bazar para arrecadar dinheiro para a compra de cadeiras de rodas, mas nada se compara com a chegada do Natal. As pessoas realmente ficam mais sensiveis e se doam mais ao próximo. É preciso resaltar que quem quiser doar e ajudar quem precisa é só procurar o FUNSOL que fica na Rua João Pessoa, 633 no  Centro, Matão. 

No dia  09/11, por exemplo, o empresário Adilson Latti, proprietário do Ganso World Park, fez a entrega de um cheque no valor de R$ 15 mil, a título de doação, para o Fundo Social de Solidariedade de Matão. A empresa Lupo, de Araraquara, também doou pares de meia para o Fundo Social. As informações são do site http://www.matao.sp.gov.br/secretaria/18/fundo-social-de-solidariedade.html

"É muito importante que as empresas nos ajudem da maneira possível, o Fundo Social de Solidariedade necessita de parcerias com as empresas e quando elas se disponibilizam a isso ficamos muito gratos", finaliza Maria Antonia. 

Fontes de pesquisa: http://www.significados.com.br/solidariedade e http://www.matao.sp.gov.br/secretaria/18/fundo-social-de-solidariedade.html

Publicada e 18/11/2015 às 20h07.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/