Ageuniara

Araraquara cria sistema emergencial para atender suspeitos de dengue

Por: JAYNE PAVÃO COLEDAM

06/05/2015

Com 6.100 casos clinicamente comprovados e duas mortes suspeitas, a Secretaria de Saúde por meio da prefeitura de Araraquara(SP) confirmou a epidemia de dengue e lançou, na última segunda-feira (04/05), uma nova estratégia para melhorar o atendimento a pacientes com suspeita da doença na cidade. Além do novo sistema emergencial, o projeto casa-a-casa de combate ao mosquito, que já acontecia, deverá ser reforçado.

As mortes, ocorreram em hospitais particulares entre os meses de abril e maio e a suspeita é que podem ter sido causadas pelo vírus transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti, mais conhecido como mosquito da dengue. Os dois casos estão sendo investigados e o laudo que confirma o motivo das mortes deve ser entregue pelo Instituto Médico Legal (IML) à Secretária de Saúde. Porém, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, não há prazo estipulado para o resultado.

Estratégia de Atendimento

De acordo com o secretário de Saúde, o médico Carlos Fernando Camargo, com a nova estratégia, o paciente com suspeita de dengue deverá ser encaminhado para o Hospital da Cana, isso após ter passado por atendimento médico no posto de saúde do seu bairro ou por uma das UPAS da cidade.

“O novo sistema emergencial possibilitará um trabalho de monitoramento do paciente e as dependências do Hospital da Cana trarão mais conforto e segurança para a população em atendimento”, afirmou Camargo.

Ainda segundo ele, a previsão é que, com as novas ações, sejam disponibilizados até vinte leitos no Hospital da Cana para o tratamento desses pacientes. Para agilizar o atendimento, a Secretaria de Saúde está montando uma equipe que atuará nessa nova estratégia emergencial. Os profissionais atuantes serão da própria rede municipal, junto a estudantes de medicina e enfermagem da cidade.

"É importante ressaltar que a pessoa que apresentar um quadro clínico de dengue, como febre constante, dor de cabeça, vermelhidão e coceiras pelo corpo, deve procurar um posto de saúde antes de tomar qualquer medicamento”, reforçou Camargo.

Controle de Endemias

Diariamente equipes de controle de endemias atuam realizando bloqueios, nebulização e casa-a-casa. Aos finais de semana, com a ajuda de voluntários, estão sendo organizados mutirões de limpeza em diversos bairros da cidade. Segundo dados da prefeitura, somente nesses mutirões já foram retiradas mais de 100 toneladas de materiais inservíveis (acumuladores de água parada). Atualmente existem cerca de 120 pessoas atuando no combate, sendo 70 fixas.

Publicada em 06/05/2015 às 21h36.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/