202101231421

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Uniara vai preparar profissionais para atuar em equoterapia

Por: FLAVIO AUGUSTO DARINI

28/05/2003

Se montar a cavalo pode ser uma terapia para um cidadão com todas as suas potencialidades físicas e mentais, para um portador de necessidades especiais pode ajudar em muito na recuperação física, motora e psicomotora.

Consciente da importância da equoterapia, o fisioterapeuta Oswaldo Luiz Stamato Taube, especializado na área pela Ande-Brasil (Associação Nacional de Equoterapia em Brasília), confirmou para o segundo semestre, deste ano, que a Uniara ( Centro Universitário de Araraquara) terá acompanhamento de pesquisas e monitoramento de estágios na capacitação de profissionais nesta área.

Segundo Taube, a equoterapia é um método terapêutico e educacional que utiliza o cavalo, dentro de uma abordagem interdisciplinar, nas áreas de saúde, educação e equitação, buscando o desenvolvimento biopsicossocial das pessoas com necessidades especiais.

A instituição filantrópica foi criada através de profissionais aposentados da cavalaria de Brasília (DF), e hoje, com a ajuda da UNB ( Universidade de Brasília), existe um convênio desde 1998 com a Ande-Brasil, principal responsável pela divulgação desse tipo de trabalho no país, que tem sua sede na Granja do Torto onde acontece as atividades com os cavalos.

Os interessados precisam passar por uma triagem, na qual uma equipe multi profissional composta por psicólogos, médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos e professores de educação física, avaliam cada caso.

A terapia é muito procurada por pessoas com paralisia cerebral (física ou mental), portadores da síndrome Down, síndrome do X-frágil e autismo.

“O tratamento melhora a marcha, a tonicidade muscular, provoca ganho de força, relaxamento, equilíbrio, coordenação motora e recupera a postura, mas só existe condição de tratamento a partir de dois anos de idade, em função de um comportamento motor-padrão da criança.

A equoterapia é mais uma atividade terapêutica, um complemento do tratamento”, conclui o fisioterapeuta.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI