Ageuniara

Projeto pioneiro estimula prática do Vôlei em Guariba

Por: ROSICLÉIA COIMBRA GONÇALVES

29/10/2014

A escola estadual "Josephina de Camargo Neves", de Guariba (SP), desenvolve um projeto pioneiro nas aulas de Educação Física e que integra alunos da faixa etária de 13 a 16 anos. Como todas as escolas, tem na sua grade curricular a aula de Educação Física. Porém, desde 2011, a escola passou a contar um diferencial durante as aulas de Educação Física, que eram ministradas pelo professor, Henrique Lopes dos Santos, estimulando a prática do Vôlei. 

Diante da classificação das meninas e já com experiências de anos anteriores, Santos entendeu que precisaria intensificar os treinos voltados para o Vôlei, para que as meninas pudessem competir melhor e tentar diminuir o desnível técnico  em relação  as equipes das regiões de Araraquara e Taquaritinga. Nessa época, o grupo se classificou para para disputar os Jogos Escolares do Estado de São Paulo (JEESP) .

Porém, professor Henrique, como Santos , é conhecido, não possuía horários disponíveis e  convidou o, até então, graduando em Educação Física, Leandro Sangue, para ajudá-lo em seu projeto. Mesmo não tendo, naquele momento, muito conhecimento sobre o Vôlei, Sangue aceitou, pois era uma oportunidade de aprender mais.

Mas a iniciativa do professor Henrique só começou a ganhar contornos de projeto a partir de junho de 2012,quando o treino passou a ser realizado nos fins de semana dentro do Programa "Escola da Família", o que permitiu um aumento no número de participantes.

 “O Nome João de Barro Vôlei veio em outubro de 2013. A escolha do nome visa valorizar a região da cidade conhecida por João de Barro, na qual mora a maioria dos alunos participantes. Essa região, reconhecidamente a mais humilde da cidade, ficou marcada por um histórico de violência e segregação social. Valorizar a região visa também desmistificar a imagem criada e mostrar que há sim muita gente séria e honesta que moram nesses bairros carentes e que sim, há coisas boas sendo desenvolvidas ali e merecem respeito", relata o professor Leandro Sangue, que atualmente é o responsável pelo projeto.

O que mais chama a atenção é que o professor Leandro Sangue não ganha absolutamente nada  para dar esses treinos, só experiência, a cada dia que passa, e também por conhecer a maioria dos jovens participantes. A equipe JB Vôlei,como atualmente é conhecida, participa de competições pela região e possui um time feminino e outro masculino.

Os treinos são executados aos sábados das 15h às 18h e aos  domingos das 9h às 12h, nas dependências da escola.Quem ministra as aulas nesses dois períodos é o professor Leandro Sangue e seu auxiliar Anselmo.

Em contato com uma das meninas do projeto, Leticia Coimbra, de 13 anos, ela afirma que antigamente não existia o projeto e eles treinavam por treinar porque tinha aula vaga e vendo que as meninas eram empenhadas no esporte o professor Santos resolveu criar o projeto. Ela afirma também que o Vôlei é a vida e que se esforça bastante para ter um bom resultado e também que pensa em aderir o esporte como sua futura profissão.

(Publicado em 29/10/2014 - 20h46).



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/