[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Rádio Uniara FM 100,1 está temporariamente fora do ar para ajustes técnicos.

Em breve, toda a programação da rádio estará normalizada. Agradecemos a compreensão de todos os nossos ouvintes

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Ausência de limpeza nos arredores do Bolsão Santa Lúcia incomoda moradores

Por: GABRIELLE CHAGAS PEREIRA DA SILVA

19/09/2014

O Bolsão Santa Lúcia, assim como os outros sete espalhados pela cidade, é um espaço reservado para descarte de pequenas quantidades de entulhos ou materiais volumosos – construção e demolição; podas e varrição; móveis; pneus; eletrônicos, lâmpadas; materiais recicláveis; entre outros – que obedece horário de abertura e fechamento, com objetivo de descartar em local adequado e que não ofereça risco à saúde da população. Mas não é o que os vizinhos presenciam.

O problema real está no estado de abandono em que se encontra a região onde é instalado. De acordo com a moradora Adriana Conte, de 45 anos, algumas pessoas não obedecem o período em que o Bolsão está funcionando e, também, os limites do terreno e jogam entulho e lixo domiciliar ao redor do cercado. O detrito jogado nas calçadas e valetas chega até duas ruas do perímetro do bolsão deixando todo o bairro em condições precárias.

Ainda segundo Adriana, várias reclamações já foram oficializadas na Prefeitura e com autoridades, mas nenhuma providência foi tomada. “Já faz uns três anos que está do mesmo jeito. Antes era um terreno limpo e agora está parecendo uma floresta suja. Já pedimos ajuda para vários vereadores, mas ninguém faz nada”, reclama.

Na rua em que o bolsão funciona é possível encontrar todo tipo de lixo espalhado e, algumas vezes, até mesmo animais mortos. Além das casas de famílias, nos arredores do bolsão funcionam uma garagem de ônibus, algumas empresas menores, uma igreja e, a dois quarteirões, uma escola.

Além da ausência de limpeza, o terreno ao lado do bolsão que, segundo moradores, também é propriedade da Prefeitura, está com mato alto estimulando a proliferação de animais peçonhentos, como escorpiões.

Segundo outro morador do bairro que não quis se identificar, já foram encontrados cinco escorpiões em apenas um dia na sua casa, que fica na esquina do terreno. “O pessoal que recolhe lixo chega para descartar depois que fecha o bolsão, então eles jogam tudo na calçada e no terreno. É complicado porque sujeira atrai bicho e eles vem para nossa casa”, conta.

Outro episódio que deixou os moradores amedrontados foi quando atearam fogo no terreno. Ele contou que um poste de madeira chegou a incendiar durante a queimada e, por sorte, não foi ao chão e comprometeu a energia do bairro. “A parte de baixo do poste ficou toda queimada. Ficamos com medo que ele fosse cair”, diz.

Outro lado

A Prefeitura, por meio de nota da Assessoria de Imprensa, informa que os terrenos públicos na região do Jardim Santa Lúcia foram limpos na semana passada pelas equipes da Secretaria de Serviços Públicos. Entretanto, um fiscal será enviado até o local novamente para verificar a situação do terreno.

Afirma também que a autarquia realizou vistoria no Bolsão Santa Lúcia e que nada foi encontrado. Ressalta ainda que é proibido jogar animais mortos e lixo orgânico nos bolsões e pede a colaboração dos moradores para denunciarem se situação parecida for vista.

No entanto, a reportagem foi ao local para verificar se a limpeza tinha sido feita e, até o final da tarde do sábado (20/9), a situação descrita pelos moradores ainda era a mesma.

(Publicada em 22/9/14 - 21h43)



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/