[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Rádio Uniara FM 100,1 está temporariamente fora do ar para ajustes técnicos.

Em breve, toda a programação da rádio estará normalizada. Agradecemos a compreensão de todos os nossos ouvintes

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Matão recebe campanha de vacinação contra gripe

Por: PAOLA MORAIS ROCHA GONÇALVES

07/05/2014

Com a chegada do inverno, a gripe chega com mais força a população. Em Matão(SP), a vacinação teve início dia 22/04 e irá até dia 09/05, em todas a unidades básicas do município, tendo até o momento 535 pessoas vacinadas.

Conhecida como vacina contra gripe, influenza e até H1N1, protege não apenas contra o vírus H1N1 mas também contra h2n3. Ela oferece uma proteção por um período de um ano até a próxima dose.

Segundo a enfermeira, mestre de saúde pública e especialista em saúde da família, Elisete Trovão de Sá, 56 anos, "se a pessoa tomar a vacina e pegar uma gripe, ela estará com um outro tipo de vírus, nunca o mesmo", explica.

O público alvo dessa campanha são as crianças, idosos e gestantes, pois elas impedem as doenças de formas mais graves como pneumonias, principalmente, em idosos.

No caso de idosos acamados que não podem vir até aos postos de saúde tomar vacina, a enfermeira explica: “Nós vamos em cada domicílio, pegamos um dia da semana, com uma lista que chega ate nós com todos os nomes dos idosos, quando é feita também a aplicação da pneumo23, que consiste em uma vacina que combate 23 tipos de vírus que causam pneumonia.”

As doses são divididas de acordo com as idades, e envolve,além dos idosos, acima de sessenta anos, também as crianças de seis meses de vida até quatro anos e onze meses não podendo ter completado cinco anos.Já as gestantes podem tomar em qualquer fase da gestação.

As pessoas que sofrem de doenças crônicas estão mais suscetíveis ao vírus, como os hipertensos, implantados, diabéticos e síndrome de down porque possuem a resistência mais baixa. “Quem já vem tomando todos esses anos vem tomar uma dose única, agora quem é a primeira vez que irá tomar, é medicado com duas doses, se a criança possuir até quatros anos de idade e nunca tomou, irá tomar meio ml agora e meio ml daqui trinta dias e crianças que não completaram três anos tomam 0,25 ml agora e depois de 30 dias de novo, crianças a partir de nove anos a dose é única”, afirma a enfermeira.

A vacina requer um cuidado especial, elas devem ser conservadas entre dois e oito graus Celsius, algumas podem ser congeladas, mas a maioria não, pois perdem seu efeito devido a baixa temperatura.

Em todos os municípios há uma geladeira especial que informa a variação de temperatura por período somente para vacinas e as temperaturas têm por obrigatoriedade ser anotadas de manhã e no final do dia, ela possui um sistema de alarme para avisar quando a temperatura sair do padrão, tanto para cima como para baixo ficando registrado. A validade do frasco armazenado depende do laboratório e do tipo de microorganismo.

Porém, a dose tem também seus efeitos colaterais, como febre, moleza no corpo, no local da aplicação fica um pouquinho vermelho, sendo totalmente proibido tomar qualquer medicamento, pois a reação é normal e o corpo absorve em dois dias.

A aposentada Leila Morais Lima, 76, já tomou a vacina. "Nós, idosos, não estamos podendo ficar de fora não, não somos mais jovens, a vacina é muito boa, nos previne de doenças graves futuras e o melhor, é gratuita", opina.

A maior dúvida da população matonense em relação a vacina, é se mesmo estando gripado poderá estar tomando a vacina, a resposta é sim, mas a única contra indicação é de não estar com febre, porque se a pessoa está com febre significa que há alguma coisa de errada em algum lugar de seu organismo.

A gripe H1N1 é extremamente agressiva, ainda mais quando não há um diagnóstico rápido e, em pouco tempo, leva a óbito. Já as gripes convencionais têm um vírus mais leve, sem muitas complicações, por um período mais curto. Em Matão não há nenhum caso de morte por H1N1.

O programa de imunização é um dos mais bem feitos e bem aceitos pela população, senso um grande ganho a todos.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/