Ageuniara

Salões de festa de Ibaté estão atentos às normas de prevenção de incêndio

Por: FABIO HENRIQUE ZOTESSO

18/09/2013

Os salões de festa são algo absolutamente normal, e devido a sua popularidade, são bastante cogitados para suportar grandes festas de qualquer tipo, sejam infantis até festas de casamento. Mas será que todos estão adequados às normas de segurança e incêndio?

Com os acidentes noticiados, como por exemplo, o da boate Kiss,no início do ano, em Santa Maria(RS), todos os donos de ambientes centrados em festas começaram a ficar mais atentos às exigências do pessoal do corpo de bombeiros e, inclusive, em Ibaté(SP).

Sendo assim, as pessoas que são proprietárias de salões de festa, tem que redobrar o cuidado e sempre zelar pelo cuidado de seus clientes.

Em Ibaté, os munícipes demonstram muito otimismo em relação à segurança que os donos dos salões de festa da cidade estão adotando. A aposentada, Irene Carvalho, 60 anos,por exemplo, concordou em falar sobre o assunto. “É muito bom ver que finalmente os donos dos salões estão tomando vergonha e aderindo às leis para seus estabelecimentos. A segurança é importantíssima para toda a população, e agora, saber que minha netinha estará segura quando forem em festas é realmente um alento”, diz ela que, há anos, reside em Ibaté.

“Acho que já estava na hora de todos nós cairmos na real e começarmos a realmente equipar nossos salões com tudo o que estão exigindo hoje em dia”, afirma o vendedor, Carlos Baptista, 52 anos, dono de um dos salões existentes na cidade. “Com certeza aquele acidente[o da boate Kiss] foi o que começou a me fazer repensar na segurança de meu salão.Chamei um técnico em segurança e ele fez a avaliação das placas e de quantos extintores terei que colocar. Tudo em nome da segurança” completa.

O farmacêutico, Eduardo Navarro, 41 anos, que também é proprietário de salões de festas em Ibaté ressalta a importância de se respeitar as normas de segurança.“Eu já estava querendo aderir a estas normas antes do acidente com a boate, porém não estava tendo o tempo suficiente para tal coisa”, salienta. “Eu sempre procurava deixar um extintor ou dois em meu salão para alguma emergência, mas, agora, chamei o técnico bombeiro aqui e ele fez a avaliação e em breve meu salão estará totalmente equipado”, finaliza.

Opinião profissional

O técnico em segurança e bombeiro, José Oliveira, 49 observa que é extremamente importante que todos se conscientizem e busquem pela segurança de seus estabelecimentos o quanto antes. "Recomendo a todos os donos, não só de salões, mas também de comércios, a procurarem o bombeiro, obter o aval, fazer o orçamento de placas e extintores e, assim, atingir o nível de segurança exigido”.

Para Oliveira a segurança é importantíssima. "Não é somente esperar um acidente horrível acontecer para se mobilizar. Todo mundo deve seguir as normas de segurança independente de já ter acontecido algum acidente ou não, assim poderemos evitar um acidente mais feio ainda”, conclui

.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/