Ageuniara

Investimentos em áreas sociais ajudam a destacar Araraquara no IDHM

Por: ABNER AMIEL CARMO DOS SANTOS

16/08/2013

Índice de Desenvolvimento Humano do Município, o IDHM, intitulado "Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil 2013", apurado pela ONU e divulgado no dia 29 de julho, coloca Araraquara em lugar de destaque no Brasil e na região.

O município de Araraquara ficou 14º lugar em âmbito nacional e em 7° no estado de São Paulo com o IDHM 0,815. São Carlos ficou na 28ª posição(no estado na 14ª) com o IDHM 0,805, e Matão com 0,733 ficou na 197ª posição do Brasil e na 96ª no levantamento estadual. O índice é calculado pela pesquisa internacional em uma escala que vai de zero a um.

A colocação positiva de Araraquara se dá principalmente nos itens Longevidade, com índice 0,877; Renda, 0,788; e Educação, 0,782. Segundo o Prefeito Marcelo Barbieri, as ações da Prefeitura no setor, como o programa Saúde na Praça, praças dos idosos e a entrega do Recanto Feliz, espaço construído em parceria com o governo federal que destinou moradias para idosos. A Vila Dignidade, em construção no bairro Cecap em parceria com o Estado, também destinará moradias para idosos.

O Centro de Referência do Idoso (Cria) funciona com programas de orientações e encaminhamentos para tratamento de saúde. Está sendo construído o Centro Dia do Idoso, no bairro do Carmo que oferecerá atendimento médico e atividades de lazer durante o dia para a terceira idade.

Educação

Em relação ao item Educação, os números da pesquisa colocam Araraquara na 5ª colocação no Estado e na 7ª no Brasil. Contribuem para os bons índices a diminuição da evasão escolar no município e a redução no número de analfabetos adultos.

Segundo o prefeito Barbieri, a educação infantil é hoje parte essencial do desenvolvimento do País. “Por isso, Araraquara tem orgulho de ter uma das maiores e melhores redes de educação infantil do Brasil”, acrescenta o prefeito. A política municipal de construção de creches contribui para diminuir a evasão escolar nos primeiros anos do ensino fundamental.

O prefeito disse que recentemente foram entregues seis novos Centros de Educação e Recreação (CERs) e outros dois estão em fase de construção. Além desses projetos, o prefeito Barbieri assinou no mês passado, em São Paulo, um convênio para a construção de mais cinco novas creches na cidade. A Prefeitura foi contemplada pelo Programa Creche-Escola do governo paulista.

Renda

Em relação à geração de novos postos de trabalho, que também coloca o município em destaque no IDHM da ONU, o prefeito ressalta o momento econômico de Araraquara, que favorece a instalação de novas empresas. Segundo Barbieri, somente nos últimos quatro anos Araraquara gerou mais de 14 mil empregos.

Com apoio da Prefeitura, várias empresas anunciaram investimentos em Araraquara nos últimos anos, entre elas a Randon, que vai fabricar vagões e semirreboques para o setor sucroalcooleiro, e a JBF, que vai fornecer garrafas PET recicláveis para a Coca-Cola.

O IDHM levantado neste ano nas 5.565 cidades brasileiras, aponta 1.889 (33,9%) com índice considerado alto, outras 2.233(40,1%) registram índices médios e 1.367 municípios (24,5%) têm IDHM baixo.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/