202101250358

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Projeto "Paz e Alegria na Periferia" luta por mais apoio

Por: PAULO HENRIQUE MANTOANELLI

14/05/2003

A primeira edição do projeto “Paz e Alegria na Periferia” realizado em 19 de abril, na praça do Cecap, em Araraquara (SP) contou com a participação de artistas de diversos gêneros como axé, capoeira, dança de rua, pagode, sertanejo, rap, rock, artes marciais, skate e DJs.

Idealizado pelo “Rapper” Marcelo da Silva Sérgio, o Pixote, tem apoio da Prefeitura Municipal e objetiva estimular o lazer, a cultura e a cidadania às camadas da mais excluídas e carentes dos bairros afastados da área central.

Para Pixote, o projeto foi feito de coração, boa vontade e amor ao trabalho, e todos os artistas que participaram são seus amigos, conquistados pelo movimento Hip Hop ao qual Pixote é um dos organizadores.

Segundo ele, o evento superou as expectativas em 80% acima do esperado.

“Foi bonito, muitos jovens pediram que eu repetisse o projeto em outros bairros, como o das Hortênsias, Vale do Sol, Selmi Dei e Yolanda Opice. Pena que a chuva atrapalhou no final, mas mesmo assim foram várias horas de diversão para o pessoal” afirma.

O Grupo The Cat Dance, composto por Aline, Jaqueline, Daniela, Diandra, Aline e Natália, se apresentou na categoria dança e foi formado no próprio bairro do Cecap. As garotas ensaiam em casa ou na escola e fazem questão de se apresentarem todas as vezes que são convidadas.

“No começo dá vergonha, mas é gostoso. Você chega em um local e as pessoas já reconhecem o grupo. É muito legal se apresentar para os pais e amigos, além da oportunidade de destacar novos talentos do bairro” comentam as integrantes.

Regina Vanderleia Domingos, doméstica e moradora do bairro, diz que o evento é bom, seguro, educa as crianças e mantém os jovens afastados da violência e das drogas.

Para ela o bairro é carente de eventos culturais e se alguém quiser ver algo diferente tem que ir até o centro.

Para o projeto ser levado aos demais bairros afastados é necessário mais apoio. A maior dificuldade está na aquisição de aparelhagem de som, pois a prefeitura não tem a disposição equipamentos para eventos de porte maior.

“O custo do equipamento para um evento deste porte fica em torno de R$ 800,00. Apenas o cachê e o lanche dos técnicos foi custeado pelo projeto realizado no Cecap e o som foi doado” finaliza Pixote.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI