[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Rádio Uniara FM 100,1 está temporariamente fora do ar para ajustes técnicos.

Em breve, toda a programação da rádio estará normalizada. Agradecemos a compreensão de todos os nossos ouvintes

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Desenhista araraquarense encanta Lenine e elenco de Walking Dead

Por: RODRIGO FERREIRA SALLUN

03/04/2013

O Designer e Publicitário araraquarense Celso Ludgero de Azevedo, de 25 anos, ficou bastante conhecido através das mídias sociais em função de seus desenhos, histórias em quadrinhos, tirinhas e caricaturas.

Ele sempre teve o hábito de homenagear as pessoas próximas com ilustrações. Certa ocasião, fez um trabalho sob encomenda e, a partir da exposição desse trabalho, nas redes sociais, ficou bastante conhecido no meio.

As visualizações do seu trabalho, principalmente através do Facebook, vem se multiplicando bastante e sua arte tem sido alvo de milhares de comentários nesta e em outras redes sociais. As caricaturas agradaram inclusive o pessoal de Hollywood, pois o diretor e alguns atores da série The Walking Dead, que foram homenageados pelo artista, adoraram os desenhos.

O diretor do seriado, Glen Mazzara, gostou tanto que até hoje utiliza a caricatura como avatar (foto principal que personifica o perfil) em sua conta do Twitter.

Ludgero escreve e desenha atualmente a obra "O Mago do Amazonas" e ilustra a HQ "Planeta Morto", roteirizada pela amiga e parceira Fernanda Oz.

Na primeira, o músico e compositor Lenine fora introduzido na obra em forma também caricata. Lenine adorou o desenho e apadrinhou a obra que em breve estará disponível na web assim como "Planeta Morto".

Efeito Dominó

A pedido da colega de trabalho Roberta Lopes, Ludgero fez uma ilustração bastante curiosa. Ela queria presentear a pessoa amada de maneira inovadora e solicitou ao desenhista uma caricatura de seu namorado em situação inusitada: “Celso, quero presenteá-lo com algo diferente. Tá vendo esta foto? Este aqui é meu namorado. Quero que o transforme em um zumbi”, relembra ele. “A princípio achei muito sinistra e engraçada a encomenda e nem sequer imaginava a proporção que o negócio iria tomar”, declara.

O namorado de Roberta ficou fascinado com o desenho e expôs a ilustração para milhares de membros do Facebook, em uma fanpage chamada The Walking Dead Brasil (comunidade virtual destinada ao universo de tudo o que é relacionado à esta série, que versa sobre zumbis).

A enxurrada de elogios foi imediata e o pessoal da fanpage rapidamente propagou a notícia, fazendo uma enorme divulgação do artista, inclusive pelo twitter, outra conhecida rede social.

Uma avalanche com centenas de pedidos foram solicitados ao ilustrador, que aos poucos vai tentando dar conta de todas as encomendas.

Mais sucessos

Além das histórias em quadrinhos ("Planeta Morto" e o "Mago do Amazonas") e das caricaturas, Ludgero também cria tirinhas de humor. É de sua autoria a premiada tirinha do Zumberto, vencedora do 6° Concurso de Tirinhas do Blog Idéias Ilustradas. “Com a força do pessoal da fanpage, conseguimos ganhar do cara que tem o maior blog de tirinhas nacional, o quadrinista Carlos Ruas”, celebra o desenhista.

"Planeta Morto", escrita por Fernanda Oz, já está quase pronta e ainda no primeiro semestre deve estar disponível em arquivo digital.

Em "O Mago da Amazônia", também prestes a ser lançada, o músico Lenine foi presenteado com uma personagem de engraçado perfil. “Eu sempre adorei escutar Lenine e certo dia pensei: Pô, esse cara tem uma fisionomia que dá uma caricatura muito engraçada. Tá aí! Vou colocá-lo como personagem em O Mago do Amazonas”, revela.

Ludgero entrou em contato com Lenine, através das redes sociais. “Ele foi muito gente boa. Me atendeu com muito respeito e atenção. Disse que sempre adorou histórias em quadrinhos e queria ver os desenhos. Esperei ele vir a São Carlos, por ocasião de uma turnê, e após o show mostrei minha pasta com os desenhos. Ele gostou demais do projeto. Ficamos amigos e ele se propôs a divulgar nosso trabalho. O Lenine disse com estas palavras: "Celso, adorei o projeto e você tem carta branca para fazer o que quiser com meu personagem”, revela orgulhoso.

Gratidão

Ludgero é muito grato ao membro da comunidade virtual The Walking Dead Brasil, o carioca de Macaé, Felipe Oliveira, o qual criou gratuitamente uma página para o ilustrador na internet. “Sou muito grato a ele que criou uma página bem legal pra mim, na pura amizade”, relata.

Infelizmente, Felipe sofreu um grave acidente no carnaval passado. “Como ele sempre me ajudou, nada mais justo que eu faça o que puder no sentido de ajudá-lo”, ressalta.

Referências

No mundo do desenho, Ludgero admira Joe Madureira, Jin Lee, Michael Turner e o professor de desenho Sebastião Seabra, seu grande mestre na arte de ilustrar. Considera Maurício de Souza um exemplo. “Mais que um desenhista, ele é um exemplo de ser humano. Tive a oportunidade de conhecê-lo pessoalmente. É um cara adorável. Começou do zero e construiu um império, sem perder a humildade nem precisar passar por cima de ninguém”, comenta.“Quando eu crescer quero ser igual a ele, dentro do meu estilo”, finaliza sorrindo.

Encomendas

Infelizmente o artista não consegue mais receber nenhuma encomenda. Cada caricatura leva de três a cinco horas para que seja finalizada. Dessa forma Ludgero encontrou uma maneira criativa de contentar os fãs.

Ele orienta: “Não consigo mais tempo para as encomendas, principalmente em função das HQ´s. Dessa forma resolvi unir o útil ao agradável. Como ainda tenho personagens para inserir nas estórias, vou aproveitar para colocar as encomendas que estão faltando (e mais alguns novos pedidos) dentro do Planeta Morto. Assim fica muito mais legal para a pessoa, pois seu personagem se eternizará na HQ", finaliza.

Mais informações sobre o artista podem ser obtidas pelo site:www.celsoludgero.com.br ou contatá-lo através do e-mail:celso_ludgero@hotmail.com.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/