[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Rádio Uniara FM 100,1 está temporariamente fora do ar para ajustes técnicos.

Em breve, toda a programação da rádio estará normalizada. Agradecemos a compreensão de todos os nossos ouvintes

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Programa ajuda adolescentes grávidas em São Carlos

Por: ANA PAULA DA COSTA PEREIRA

14/03/2013

O Programa "Primeira Infância", que começou em São Carlos(SP) em maio de 2010, em parceria com a Fundação de São Paulo, "Maria Cecília Souto Vidigal" desenvolve atividades de capacitação com os servidores municipais das áreas de saúde, educação, cidadania e entidades do terceiro setor.

Uma das intenções é articular de ações que fortaleçam a capacidade do município em promover o desenvolvimento integral (físico, cognitivo e psicossocial) e a melhoria dos serviços de atendimento às gestantes, mães e crianças de 0 a 3 anos de idade em hospitais, unidades de saúde, maternidade, creches, entre outras instituições.

Segundo a psicóloga do Programa "Primeira Infância", Priscila Mugnai Vieira, o principal objetivo é fortalecer todas as práticas e formações profissionais para o desenvolvimento, e promoção infantil com a capacitação de voluntários para apoiar mães grávidas na adolescência, que não têm recursos e orientações próprios. "Sabe-se o quanto a desinformação acerca da adolescência e sobre Educação Sexual repercute em práticas de atuação pouco fundamentadas e, muitas vezes, equivocadas", diz .

No que concerne à sexualidade e à adolescência, ela acredita que ações de prevenção podem contribuir com o cuidado integral dos jovens, fortalecendo a tomada de atitudes e escolhas responsáveis e saudáveis, evitando consequências não desejadas advindas das experiências sexuais.

De acordo com ela, muitos temas referentes à adolescência e à sexualidade permanecem enquanto tabus e estigmas sociais nas mais diversas áreas de atuação profissional. "As próprias vivências e dificuldades por parte de profissionais em lidar com suas questões de desejo e sexualidades interferem no modo com que irão abordar temas, como a gravidez na adolescência",comenta a psicóloga.

Capacitação

Diante deste quadro, propôs-se a elaboração de um curso de capacitação em que diferentes temáticas foram trabalhadas com o objetivo de contribuir com a ampliação da compreensão do conceito de sexualidade, desconstrução de tabus e juízos de valor, bem como favorecer o fortalecimento das práticas de atuação profissional em intervenções voltadas à sexualidade e adolescência.

"O trabalho em Educação Sexual, sendo explorado em sua magnitude, pode favorecer a aquisição de comportamentos responsáveis e preventivos. Do mesmo modo, pode contribuir com a promoção do exercício da sexualidade por parte dos adolescentes enquanto um direito humano, que pode estar atrelado à realização pessoal, autonomia, ampliação das perspectivas de futuro e exercício da cidadania", observa Priscila.

Em entrevista com a jovem a J.C.P, que engravidou aos 17 anos,ela aponta que sua maior dificuldade foi encontrar apoio, diálogo e orientação em casa, com sua família.

Ela afirma que no começo foi bastante complicado mas, hoje, agradece ao programa pelo apoio e discernimento encontrado no "Primeira Infância"."Se não fosse os capacitadores, não sei o que seria de mim”, relata.

"O papel da família, enquanto fonte de disseminação de valores sociais, éticos e humanos, em decorrência dos questionamentos frente às origens, próprios desta fase do desenvolvimento, em especial com relação aos pais, em grande parte perde esse lugar de referência que passa a ser substituído pelo grupo de adolescentes em que se convive",finaliza a psicóloga.

Para o programa seu maior foco é fazer uma rede migratória de comunicação, onde suas vertentes são capacitar pessoas para ajudar e orientar pessoas com problemas sociais no qual a sociedade se engloba.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/