Ageuniara

Araraquara torna-se referência na educação municipal

Por: PAULA CRISTINA CARDOSO DE SOUSA

06/03/2013

A Secretária Municipal da Educação de Araraquara(SP) tem sido procurada por municípios vizinhos para conhecer os resultados do Sistema Sesi de Ensino, implantado na cidade no segundo semestre de 2011.

A Assessoria de Comunicação da Secretaria informa que oito cidades da região: Bocaina, Santa Bárbara D’Oeste, Santa Lúcia, Jaú, Santa Ernestina, São Carlos e Itirapina procuraram Araraquara para conhecer os resultados e as práticas do Sistema Sesi de Ensino.

Segundo o secretário municipal da Educação, Orlando Mengatti Filho,o Nino, “a ideia de implantar o sistema na rede municipal de ensino surgiu porque muitas mães me pediam que arrumasse vagas na escola Sesi, que sempre foram restritas e difíceis de conseguir”.

Hoje, a Secretaria atende a cerca de 22 mil alunos, nas modalidades Educação infantil, Ensino Fundamental, Educação de jovens e Adultos (EJA) e Ensino Integral, além dos estudantes do programa Cursinhos Populares, realizado em parceria com o Curso Unificado do Campus Araraquara, CUCA/Unesp.

Valores

A coordenadora Executiva da Educação Básica, Rosely Berwerth Pereira, que lecionou 18 anos no Sesi Araraquara, conta que ocorreu, no início da implantação do Sistema Sesi na educação municipal, uma mudança de valores. De acordo com ela, no início, houve resistência de alguns educadores, o que depois dos cursos de formação e com as avaliações positivas do ensino mudou.

A coordenadora explica que o processo de implantação tem duração de três anos e termina no final de 2013. "Foram muitas horas de curso aos 14 diretores, 29 coordenadores e 404 docentes entre as modalidades educacionais, P1 e P2. Após horas de treinamento todos estão prontos para seguir o novo modelo de ensino”.

Para Roseli, os resultados são positivos, haja vista, que no início deste ano foram pelo menos 25 alunos formados pela rede municipal de ensino que passaram em um dos vestibulinhos mais concorridos da região, a ETEC (Escola Técnica Estadual) "Profª Anna de Oliveira Ferraz", ou Industrial como é conhecida.

Os cursos de formação voltados à implantação do sistema foram aplicados por etapas. Em 2011, a carga horária chegou a 586 horas; em 2012, foram 180 horas; e, em 2013 serão 188 horas. “A carga horária de formação vai diminuindo gradativamente pelo fato de considerar que os docentes estão integrados ao sistema desde seu início, em 2011”, conclui Rosely.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/