[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Rádio Uniara FM 100,1 está temporariamente fora do ar para ajustes técnicos.

Em breve, toda a programação da rádio estará normalizada. Agradecemos a compreensão de todos os nossos ouvintes

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

População enfraquece movimento contra aumento de vereadores em Jaboticabal

Por: ALEXANDRE ADAM PEREIRA DA ROCHA

13/04/2012

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), ACIAJA (Associação Comercial e Industrial), CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas), lojas maçônicas “Fé e Perseverança” e “Fraternidade Acadêmica Jucelin de Godoy”, manifestaram-se contra uma emenda na Lei Orgânica de Jaboticabal, que aumentou de 10 para 15 o número de vereadores para a próxima legislatura. O grupo realizou uma reunião, na qual os vereadores faltaram, e esteve também presente na sessão da Câmara. Entretanto, a população não compareceu em grande número e fez com que o movimento não tivesse a força esperada.

Segundo o Presidente da OAB, Alessandro Alamar Ferreira de Mattos, em resposta à população que solicitou o parecer da Ordem, a OAB decidiu manifestar-se contra o aumento de vereadores e recebeu apoio das demais entidades. A expectativa era que a população apoiasse em grande número e pressionasse a revogação da emenda.

Entretanto, na sessão da Câmara, realizada no dia 2 de abril, o número de pessoas que compareceram foi pequeno, e segundo Alamar, os vereadores não se sentiram sensibilizados. “O grande prejuízo foi a falta de apoio da população”, disse.

O grupo, liderado pela OAB, afirmou na sessão que a população quer a diminuição, e 10 cadeiras seriam suficientes. Para o presidente da entidade, o aumento é imoral e apesar de não afetar o Orçamento do Legislativo, irá acarretar aumento de despesas internas da Câmara.

Para o Presidente da Câmara, Wilsinho Locutor (PV), não há possibilidade da diminuição de cadeiras no Legislativo, pois, segundo ele, os vereadores não podem romper o compromisso com seus partidos. Wilsinho disse também que poucas pessoas procuraram a Câmara para se manifestar e ressaltou que mesmo se houvesse um apelo público em grande número, não haveria redução.

O Analista de Sistemas Caio Moraes revelou que não soube do movimento feito pelas entidades e acredita que a divulgação é fundamental para o comparecimento de mais pessoas. Para ele, a população deveria estar mais presente nos movimentos políticos e se interessar mais também. “Isso (o aumento de vereadores) vai atingir diretamente a população”, opinou.

Aprovada em 22 de novembro de 2010, todos os vereadores votaram a favor do aumento de cadeiras no Legislativo. Entretanto, o vereador Dr. Nereu (PMDB) hoje diz ser contra a decisão. “Esse ano, ouvindo vários segmentos representativos, e aceitando as argumentações, decidi apoiar a manifestação a favor da redução para as 10 vagas anteriores”, disse o vereador, que ainda acredita que é necessária uma grande mobilização popular, pelo motivo de as entidades terem feito um movimento “tímido” até então.

As entidades pretendem ainda se reunir e decidir se o movimento irá continuar ou não. Para o presidente Alessandro Alamar, a OAB cumpriu seu papel. “Se as demais entidades decidirem ir até o final, a Ordem vai também. Mas a minha sugestão é já parar por aqui”, disse.

A LEI

A Câmara de Jaboticabal decidiu aumentar o número de vereadores depois que uma emenda ao Art. 29, inciso IV, da Constituição Federal, foi promulgada. A emenda permite que o número de vereadores seja de até 15, nos Municípios que tenham entre 50 mil e 80 mil habitantes.

O Art. 16 da Constituição Federal afirma que "A lei que alterar o processo eleitoral entrará em vigor na data de sua publicação, não se aplicando à eleição que ocorra até um ano da data de sua vigência". Portanto, seis meses antes das eleições não seria possível promover mudanças na lei aprovada pelos vereadores.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/