Ageuniara

Atletas de Kendo promovem ações sociais em São Carlos

Por: CALIANDRA SEGNINI

15/03/2012

Desenvolvida pelos samurais a partir de técnicas de combate com espadas, a arte marcial japonesa Kendo atrai atletas e voluntários interessados no esporte e em servir a comunidade. A Associação São Carlos de Kendo (ASCK) promove, além de campeonatos e exames de graduação, ações sociais em São Carlos(SP) e região.

A palavra “samurai” significa “aquele que serve”, baseada nesse princípio a ASCK realiza campanhas para doação de sangue, e administra o projeto de voluntariado “Escola da Família” que oferece aulas de Kendo gratuitas e abertas à comunidade. As aulas acontecem na escola estadual "Professor Antonio Militão de Lima", em São Carlos, e no Centro de Educação Física, Esportes e Recreação da USP (CEFER), nos campus de São Carlos e Ribeirão Preto(SP).

Segundo Estela Maris, diretora de eventos da ASCK e praticante há 10 anos, o Kendo traz benefícios físicos e mentais melhorando a postura, respiração, flexibilidade e rapidez de raciocínio, entre outros. “Depois que comecei o Kendo melhorei minha agilidade, capacidade de concentração e resistência ao esforço”.

“O Kendo é especialmente indicado para crianças, pois ensina preceitos morais como respeito, responsabilidade e cooperativismo, além de atuar no desenvolvimento físico e espiritual”,ressalta a atleta.

A ASCK é uma instituição sem fins lucrativos, criada em 2004, filiada à Federação Paulista de Kendo (FPK) e à Confederação Brasileira de Kendo (CBK). Em São Carlos há cerca de 60 praticantes e associados que ajudam a manter a ASCK através de contribuições mensais no valor de R$15,00 ou por meio de participações em eventos promovidos pela associação. A prefeitura de São Carlos também ajuda a ASCK disponibilizando alojamento para atletas durante a realização de campeonatos e divulgando ações realizadas pela instituição.

Para os que desejam iniciar no Kendo, a Associação empresta shinais (espadas de bambu usadas nos treinos) para que os alunos conheçam a arte marcial até que decidam se continuarão a praticar a luta. A única exigência ao aluno é vontade de treinar e disposição para aprender.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/