Ageuniara

Violência assusta moradores de Ribeirão Bonito (SP)

Por: CELSO LUIS GALLO

02/03/2012

Casos de violência deixaram assustados os moradores de Ribeirão Bonito (SP), cidade com pouco mais de 12 mil habitantes, segundo o último censo do IBGE. Nos últimos meses, uma série de furtos foi realizada em algumas empresas locais. A maioria dos casos foi esclarecida e, segundo a Polícia Civil, não há relação entre eles.

Para o delegado de polícia do município, Marco Aurélio Gonçalves Costa, os incidentes mais relevantes foram o assalto a uma casa lotérica, no último mês de dezembro, e o arrombamento de um caixa eletrônico de uma agência bancária, em janeiro deste ano. Estes casos, segundo o policial, geralmente são praticados por pessoas da região e são mais difíceis de ser esclarecidos.

Além disso, outros pequenos furtos foram registrados em lojas da cidade. “Os furtos pequenos, na maioria das vezes, têm envolvimento com drogas. Ele [o suspeito] tenta levantar algum dinheiro de qualquer jeito”, afirmou o delegado. “Nos casos menores, geralmente são pessoas de Ribeirão Bonito. Já os casos maiores vêm de fora para dentro. Estão todos sendo investigados. Um caso não tem nada a ver com os outros, são isolados”, concluiu.

Apesar de as ocorrências acontecerem em um intervalo curto de tempo, não há um aumento expressivo em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com estatísticas da Polícia Militar. Em janeiro de 2011 houve oito furtos e um roubo, contra nove furtos e nenhum roubo no mesmo mês deste ano. Em fevereiro de 2012 ocorreram cinco furtos e um roubo, contra três furtos e dois roubos no mesmo mês do último ano.

Mas, segundo o tenente da PM Renato Gonzalez, cresceu o número de apreensões de entorpecentes (porte e tráfico), armas de fogo e arma branca, e a população tem grande participação nesse trabalho. “É muito importante a PM receber as denúncias. A fonte não será identificada. Nessas denúncias a gente acaba até apreendendo algum entorpecente ou alguma arma”, declarou.

De acordo com Gonzalez, a cidade conta com uma boa estrutura policial. “A PM está preparada. Mesmo quando há alguma ocorrência grave, a gente tem como acionar alguns policiais de folga, pedir o apoio de viaturas de São Carlos, vem apoio de onde precisar. Sempre vai ter um efetivo suficiente para tentar coibir uma situação um pouco mais grave”, afirmou o Tenente.

Gonzalez também dá algumas dicas para os cidadãos tentarem se proteger da violência. “Não sacar grandes quantias em dinheiro, procurar usar cartão de crédito ou débito para pagar contas, não deixar o portão de casa escancarado à noite. Em cidade pequena também é muito comum as pessoas deixarem o carro aberto na rua, com a chave no contato. Antigamente era comum fazer isso porque todo mundo se conhecia. Mas a gente tem de tentar se precaver, não facilitar tanto”, disse.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/