[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

Em vista das melhorias que estão sendo realizadas na portaria principal da Unidade I da Uniara, alunos, interessados e colaboradores devem utilizar a entrada localizada na Rua Voluntários da Pátria, 1309 (Rua 5).

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Jaboticabal é a cidade que mais registrou pequenos furtos na região

Por: GIANFRANCESCO ROCHA BARIANI

11/11/2011

Um balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo apontou Jaboticabal como a cidade da região que mais registrou pequenos furtos no primeiro semestre de 2011. A cidade superou Ribeirão Preto e Araraquara, se comparado o número de habitantes proporcionalmente.

Foram 1.238,5 furtos para cada cem mil habitantes, enquanto Ribeirão Preto registrou 988,7 furtos. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Esatística), Jaboticabal possui 71.662 habitantes.

Segundo o Tenente Vanderlei Correa Alves, da Polícia Militar de Jaboticabal, muitas vezes, a vítima deixa objetos expostos, facilitando a ação dos ladrões. “É preciso um pouco mais de cuidado. Às vezes as pessoas saem por poucos minutos e deixam as casas abertas. Nós já registramos várias ocorrências assim e é preciso ter cautela, mesmo que saia por pouco tempo”, afirmou.

“Em veículos acontece a mesma coisa porque as pessoas deixam celulares, máquinas e equipamentos à vista dos bandidos e não trancam os carros porque estão por perto ou parados em frente de casa", explica o Tenente.

Outro ponto negativo para Jaboticabal é que a cidade foi a que mais registrou ocorrências no mesmo período. Foram 2.201,3 ocorrências no total, superando, novamente, Ribeirão Preto que registrou 2.191,9. A cidade de Ribeirão Preto possui 604.682 habitantes.

Nos últimos cinco anos, de 2006 a 2010, os números em Jaboticabal se mantém praticamente estáveis. Há cinco anos, o número total de ocorrências registradas era de 1.684, frente a 1.652 no ano passado.

Correa Alves ainda esclarece que até agora, no segundo semestre, o balanço vem sendo produtivo. “Neste ultimo mês, houve uma redução nos crimes como roubos e furtos, em geral. Neste mês de novembro, ocorreram alguns casos isolados, mas em ações integradas em conjunto com a Polícia Civil, as respostas são imediatas e favoráveis a cidade”, conclui Alves.

Para o delegado titular de Jaboticabal, Oswaldo José da Silva, a cidade está em progresso, mas ainda sente a falta de recursos humanos. “Faltam efetivos na Polícia local. Muitos estão se aposentando”, explica Oswaldo.

REGIÃO

Na região, Guariba foi a cidade que mais registrou homicídios dolosos, ficando muito à frente das outras cidades. Foram 14,3 homicídios. Se comparada a Ribeirão Preto (2,5 homicídios), por exemplo, a cidade registrou quase seis vezes mais homicídios dolosos. Já Taquaritinga se destacou em três itens: homicídio culposo por acidente de trânsito (14,8), lesão corporal dolosa (460,6) e outros homicídios culposos (1,8).

De acordo com estatísticas da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, a CPI-3 (Centro de Policiamento do Interior – Região de Ribeirão Preto) a região foi a primeira em furtos e tráfico de drogas entre os meses de janeiro e junho. Foram 23,7 mil casos de furtos e 2.200 de tráfico de drogas.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/