202101250343

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Defesa Civil de Araraquara promove campanha contra queimadas urbanas

Por: JÉSSICA PALÁCIO ARRAES

03/06/2011

A Defesa Civil de Araraquara, com o apoio da Guarda Civil Municipal, do Corpo de Bombeiros e da Secretaria de Meio Ambiente, realiza até agosto a campanha de conscientização, prevenção e combate à prática de queimadas urbanas. A incidência de queimadas no período de maio a setembro aumenta devido à estiagem e a consequente facilidade de propagação do fogo.

Em 2010 foram registrados 286 incêndios em terrenos na cidade; em 2011 já foram contabilizadas 55 ocorrências até o mês de maio. Segundo o Sargento Mazzei, do Corpo de Bombeiros, nesta época do ano são realizados de 20 a 25 chamados diários para queimadas em áreas urbanas.

De acordo com o relatório de inverno de 2010 da Cetesb (Companhia de Tecnologia e Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo), o índice de qualidade do ar no período dos meses de maio a setembro foi de 52% boa e 48% regular.

No mesmo período em 2009 o índice de qualidade do ar foi de 82,4% boa e 17,4% regular. Em 2009 o índice de qualidade do ar atingiu nível bom por mais tempo devido às chuvas no período. A qualidade apenas regular do ar, registrado agora pela Cetesb, pode provocar tosse seca e cansaço em pessoas sensíveis como crianças, idosos e portadores de insuficiência respiratória e cardíaca.

Edson Alves, coordenador da Defesa Civil, afirma que a consequência das queimadas são problemas respiratórios, principalmente em crianças e idosos. “A quantidade de gases tóxicos liberados supera quatro mil substâncias porque no terreno não se queima somente mato, mas também plástico, borracha e restos de animais mortos. Esses gases são liberados e prejudicam as pessoas que estão próximas”.

Atear fogo a terrenos é crime, conforme a Lei de Crimes Ambientais, que prevê pena de detenção de seis meses a um ano e multa. Pode ser enquadrado nesse crime quem causar poluição de qualquer natureza, em níveis que possam resultar em danos à saúde humana ou que provoquem a mortandade de animais; ou ainda a destruição da flora.

Para denunciar crimes ambientais basta ligar para 199 (Defesa Civil), 190 (Polícia Militar) ou 193 (Corpo de Bombeiros).

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI