202101220126

mostrar mensagem ]

Comunicados Oficiais - UNIARA (COVID-19)

Em virtude da pandemia global de COVID-19, as atividades da Universidade de Araraquara - Uniara sofreram alterações.

Clique aqui e confira todos os comunicados oficiais da Instituição.

ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Terminal Rodoviário de Itápolis será reformado

Por: FRANCISLÉIA REGINA DE FAVERE

31/08/2010

A prefeitura de Itápolis (SP) confirmou para este ano a reforma do Terminal Rodoviário da cidade.Segundo informações da prefeitura, já foram concedidos R$ 350 mil pelo Estado para as obras.

Apesar disso, ainda não há uma data específica para o início da reforma como informa o Secretário Municipal de Obras, Alex de Cássio Avansi."O projeto da reforma do Terminal Rodoviário já está avançado, mas deve haver algumas mudanças na data do início da reforma que seria em setembro,mas foi mudada para novembro.Porém,ainda não temos uma data específica para o início e o término da reforma”,diz.

A notícia é vista com desconfiança. Alceu Antonio Tomazini, que é responsável pela Terminal, afirma que o prédio está em estado de abandono.Segundo ele,a conservação do local é péssima."A notícia da reforma é sensacional. Seriam inúmeras vantagens",opina ele que está no cargo há nove meses.

Ainda, de acordo com Tomazini, os passageiros que pagam taxa de embarque têm o direito de exigir banheiros, plataforma de embarque e sala de espera. "Afinal, a Rodoviária é o cartão de visita da cidade”, conclui.

Já o funcionário Carlos Reis, que trabalha no mesmo local, há dezessete anos, diz que está tão decepcionado com as condições da Rodoviária de Itápolis, que não acredita na notícia da reforma. "Só acredito quando eu ver o projeto”.

Ele critica as autoridades locais que, para ele, não pensam nos deficientes físicos e nas dificuldades que enfrentam, por exemplo.

Fátima Claudino, funcionária da Empresa Cruz, há dez anos, mostra-se descrente. Ela duvida que a reforma saia. “Seria necessário derrubar o prédio e construir outro”, opina. “O atual parece mais um barracão de granja.Afinal, a Rodoviária é ponto de referência da cidade. A maioria do povo de classe média baixa freqüenta a Rodoviária, paga seus impostos e tem direito ao bem-estar”, completa.

O motorista Lauro Casimiro, que trabalha no ponto de táxi do Terminal, há dezessete anos, também duvida."Faz tanto tempo que o Terminal necessita de uma reforma que o povo já não acredita mais”, observa.

Todos são unânimes em defender a ampliação da área de espera dos passageiros e a reforma traria conforto e segurança para usuários e funcionários que frequentam o local.

Segundo Fátima, antigamente calculava-se um número aproximado de 50 viajantes diários da empresa Cruz. Mas, hoje, são cerca de 200 passageiros, diariamente, durante a semana, com perspectiva de aumento nos finais de semana.

Terminal surgiu na década de 80

O Terminal Rodoviário de Itápolis foi inaugurado em 25 de janeiro de 1983. Antes dessa data, haviam pontos de ônibus isolados no centro da cidade. Eram três empresas de ônibus que serviam o município.

Com o aumento da população, novas empresas surgiram e houve a necessidade de Itápolis ter um Terminal Rodoviário.

Escolhido o local, uma área foi desapropriada no final da Avenida Florêncio Terra, e o Terminal foi construído onde começa a nova Avenida Carlos Adolfson,nº2.000.

Transcorrido 27 anos, o prédio deteriorou-se e hoje necessita de reformas. Atualmente são seis empresas que fazem a ligação de Itápolis à São Paulo, Ribeirão Preto, Catanduva, Matão, Adamantina, Ibitinga e Borborema.



Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/

Saiba o que fazemos com os dados pessoais que coletamos e como protegemos suas informações. Utilizamos cookies essenciais e analíticos de acordo com a nossa política de privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

ENTENDI