[ mostrar mensagem ]

COMUNICADO

A Rádio Uniara FM 100,1 está temporariamente fora do ar para ajustes técnicos.

Em breve, toda a programação da rádio estará normalizada. Agradecemos a compreensão de todos os nossos ouvintes

Cordialmente,

Universidade de Araraquara - Uniara

[ ocultar ]

UNIARA

Ageuniara

Nanotecnologia chega para melhorar a agricultura do país

Por: NATIA FERNANDA DOS REIS

29/05/2009

Embrapa inaugura Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNA) em São Carlos. O laboratório focará suas pesquisas no desenvolvimento de processos e sistemas voltados para o agronegócio.

A inauguração oficial foi realizada no dia 28 de maio. O LNNA está vinculado à Embrapa Instrumentação Agropecuária, unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) localizada na cidade de São Carlos.

Odílio Benedito Garrido, pesquisador da Embrapa Instrumentação Agropecuária, explica que nanotecnologia pode ser considerada como um conjunto de atividades ou mecanismos que ocorrem em uma escala extremamente pequena, chamada nanométrica. Como exemplo, Garrido cita que “um nanômetro é a bilionésima parte de um metro, ou seja, se dividirmos o diâmetro de um fio de cabelo humano em 80 mil partes, teremos um nanômetro, que é igual a uma parte”.

O Laboratório Nacional de Nanotecnologia pretende impulsionar as pesquisas no setor agropecuário. Ladislau Martin Neto, chefe geral da Embrapa Instrumentação Agropecuária, considera o LNNA um marco na consolidação de uma infraestrutura de equipamentos avançados e dedicados a nanotecnologia, que dará condições ao Brasil de avançar e gerar inovações nesta área promissora.

As principais linhas de pesquisas que serão contempladas pelo LNNA são o desenvolvimento de sensores e biossensores aplicados ao controle de qualidade, certificação, rastreabilidade de alimentos, criação de embalagens inteligentes e comestíveis, desenvolvimento de materiais reforçados feitos com nanopartículas, produtos naturais, como fibra de sisal, juta e coco.

O LNNA também dará atenção ao solo, desenvolvendo nanopartículas orgânicas e inorgânicas para liberação de nutrientes e pesticidas em solos e plantas. Com a nonotecnologia o laboratório conseguirá e criar produtos que ajudarão os agricultores e o meio ambiente.

Mario Norberto Baibich, diretor de políticas e programas temáticos do Ministério de Ciência e Tecnologia, abordou que nesse momento as embalagens comestíveis e os fertilizantes desenvolvidos pelo LNNA serão acessíveis aos pequenos agricultores. Os outros produtos com o tempo também estarão nas mãos desses produtores.

O Laboratório de Nanotecnologia prestará serviços tanto para instituições públicas quanto para as da iniciativa privada. A partir de projetos de colaboração científica, buscará ser um instrumento de desenvolvimento científico e tecnológico importante para o país gerar inovações em nanotecnologia.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/