Ageuniara

São Carlos dispõe de infraestrutura para o desenvolvimento infantil

Por: NAIRA XAVIER MALAQUINI

29/05/2009

Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal acompanha a implantação do Programa de desenvolvimento infantil em São Carlos, com o Projeto “Primeira Infância-responsabilidade de todos”.

O projeto “Primeira Infância - responsabilidade de todos” é uma iniciativa para promover o desenvolvimento infantil na cidade de São Carlos, em parceria com a Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal(FMCSV), de São Paulo. A cidade está entre outras sete que participam do programa da FMCSV.

A Fundação é responsável por acompanhar a elaboração e implantação de projetos nos municípios interessados em melhorar seu sistema social e a situação da primeira infância. Para isso há um processo de avaliação dos municípios interessados, para verificar a viabilidade dos projetos.

Alguns critérios fundamentais são a estabilidade populacional, infraestrutura básica para o desenvolvimento infantil (como maternidade, creches, unidades de saúde, profissionais capacitados), potencial para uma visão integral e integrada do desenvolvimento infantil e líderes comunitários para participar do projeto.

Na primeira etapa é feito um diagnóstico situacional e análise das propostas. Num segundo momento o projeto é elaborado e acontece a aprovação final. Após ter passado por essas etapas, o município é encaminhado para implantação e continuará a ser acompanhado pela Fundação, que fará também a análise dos resultados e a disseminação do aprendizado.

A cidade de São Carlos, que está sendo analisada desde 2008 pela FMCSV, apresenta as condições necessárias para a implantação do projeto. Dispõe da infraestrutura necessária e conta com uma Secretaria Especial da Infância e da Juventude que facilita ainda mais sua viabilidade.

A psicopedagoga e especialista em Educação Infantil e Séries Iniciais, Maria do Rosário de Sousa Gandini de Campos, diz que “hoje se tem voltado mais o olhar para as crianças como membros da sociedade, que possuem particularidades e exigem um trabalho de paciência a longo prazo”. A especialista diz ainda que a primeira infância é uma etapa que requer cuidados especiais, estímulo e, especialmente, a companhia da mãe.

Rosário compara o sistema existente em Cuba, onde a lei permite a licença maternidade por um ano, período fundamental para que a mãe esteja presente e acompanhe o desenvolvimento da criança.

Para que um projeto desse nível seja eficiente é necessário profissionais especializados, principalmente nas creches. A especialista também destaca a assessoria as mães como forma de eficiência dos resultados. Confirma a importância de iniciativas desse tipo na qualidade de vida, e de um trabalho desvinculado de políticas partidárias.

Reuniões entre membros das Secretarias Municipais envolvidas, o Prefeito de São Carlos e representantes da Fundação continuam a ser realizadas antes da implantação do Projeto.

Segundo o assessor de planejamento da Secretaria de Saúde, Natanael Alves da Silva, uma reunião será realizada na próxima segunda-feira, 1º de junho, em São Paulo, onde será definida a data de lançamento do projeto. Como um indicativo, a previsão é para o começo do 2º semestre de 2009.

Destaques:

Reportagens recentes:

Todas as reportagens

Reproduzir o conteúdo do site da Uniara é permitido, contanto que seja citada a fonte. Se você tiver problemas para visualizar ou encontrar informações, entre em contato conosco.
Uniara - Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / CEP 14801-340 / 16 3301.7100 (Geral) / 0800 55 65 88 (Vestibular)
N /ageuniara/